Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

O mês de Março termina com um pedido de ajuda

Adiei a publicação porque estava com esperança de chagar a alguma conclusão. Não cheguei. Como referi anteriormente, as contas deste mês estão completamente enviezadas, nem o que gastei reflecte os meus gastos com alimentação e bens de primeira linha para a casa, nem o saldo em cartão reflecte real poupança.

 

Tipo de gasto Valor facturado Valor desconto em cartão Continente (obtido com essa conta) Vales fornecedor Reembolso Total desconto TOTAL (valor factura - desconto) Valor pago CC PAGO com dinheiro  (total - pago com cartão Continente)
TOTAIS € 393,40 €256.40 €27.10 € 19.86 €297.86 €346.44 € 253.73 € 110.71

 

Saldo em cartão: €61.70 

 

 

 

Ou seja, brinquedos a 100% misturados com mercearias e pagos com esse crédito. Isso não reflecte absolutamente nada.

 

Assim, impõe-se uma alteração ao meu ficheiro de registo que andava adiada à muito. Ignorar a fase de pagamento e imputar os valores de desconto em cartão ao preço inicial do produto. Mais, começar a separar os produtos dentro do talão, de acordo com o tipo de produto (percebem agora porque andava a adiar?).

 

É que para mim, é completamente irrelevante a "percentagem de poupança". Não a considero realista porque ao preço inicial não compraria o produto. 

 

O pedido de ajuda: têm alguma sugestão que melhore o registo?

13 comentários

Comentar post