Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Novo produto de poupança do Estado: Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável

Reuni as informações disponíveis para tentar perceber se a nova oferta de poupança é interessante. A minha conclusão é que, para pequenas poupanças não será interessante, tendo em conta as despesas que lhe poderão ser associadas.

 

Nome: Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável

 

Valor nominal unitário de €1.000 (ou seja, o investimento mínimo terá de ser de €1.000 e depois poderá aplicar  múltiplos desse valor)

 

Mínimo de subscrição: €1.000

Onde:  junto de uma instituição  de crédito.

Quando:  entre o dia 26 de abril de 2016 e o dia 16 de maio de 2016

 

Pagamento de juros: semestral e postecipadamente, em 19 de maio e 19 de novembro de cada ano

 

Valor dos juros: calculados a uma taxa de juro variável e igual à Euribor 6 meses acrescida de 2,20% (ou seja, com a taxa de juro a 0%, o mínimo serão os 2.2% (cerca de 1.6% líquidos)

 

Reembolso: 19 de maio de 2021 (5 anos)

 

Transmissão: Foi solicitada a admissão à negociação das OTRV no mercado regulamentado Euronext Lisbon, sendo que as OTRV poderão ser transacionadas, nesse mercado, caso a sua admissão venha a ser aprovada, ou fora dele. A negociação de OTRV antes da sua data de reembolso fica sujeita às condições de mercado (oferta/procura) e dessa forma o preço poderá ser inferior ao capital inicial.

 

Custos: consultar preçário que poderá incluir: preço de subscrição, despesas associadas à recolha das ordens de subscrição e à custódia, comissões sobre o pagamento de juros e o reembolso de capital.

VÍDEO - Contas-Poupança: Dicas Para Preencher O IRS

Recomendo vivamente que assistam ao episódio de ontem do Contas-Poupança sobre o preenchimento do IRS deste ano. Extremamente esclarecedor. Um verdadeiro serviço público (que deveria estar a ser feito pelo Estado).

 

http://sicnoticias.sapo.pt/programas/contaspoupanca/2016-04-06-Duvidas-na-entrega-do-IRS

 

 

Poupança em Março e...

Faltava fazer o resumo das minhas poupanças de Março. Adiei porque queria incluir €80 de horas extra, que sabia que iria receber por estes dias. Assim, o total de poupança deste mês é de €220 que foram direitinhos para o meu fundo de emergência. 

 

Se bem se recordam, um dos meus objectivos para 2016 é conseguir que o fundo de emergência fique com €1.000. Já não falta muito para atingir o segundo nível. 

fds.JPG

 

 

Ou seja, mesmo com todos os gastos extra em Março, ainda consegui poupar, porque na verdade recorri aos envelopes. Estes, têm sido para mim uma fonte de estabilidade financeira. Estou completamente rendida ao método.

 

Objectivo de Abril: reduzir os gastos com restauração para cumprir o meu objectivo "mealheiro experiência natalícia". 

 

Marmita de hoje:

1 banana

2 fatias (finas) de pão de mistura

1 garrafa térmica com chá

1 garrafa térmica com feijão branco e molho de tomate

1 garrafa reutilizável com água

Pág. 1/2