Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Pormenores

Como o mês terminou a meio da semana, decidi calcular o valor diário de restauração (€40 : 31 dias de Janeiro = €1.30 dia) e subtrair €2.60 ao meu orçamento para esta semana.

 

Não há batotas!

 

 

Fim do mês

Adoro o último dia do mês porque é o dia de "pagar" os meus envelopes.

 

 

 

 

Diário das minhas finanças pessoais - Janeiro

E Janeiro já se foi...

 

Este mês tem sido de altos e baixos. 

 

Começando pelos baixos:

1. Como já tinha referido, bastou-me um dia para descarrilar alguns envelopes.

2. Ultrapassei o orçamento de diversos envelopes: miúdas - €9.18; prendas - €18.00; electricidade - €89.30; presentes - €18; carro - €19.98; supermercado - €2.27

3. Tive uma despesa não prevista que terá de entrar em donativos, de €66.

 

Os altos:

1. Consegui poupar €4.03 em restauração (e este mês isso inclui um jantar de aniversário de €20) + €5.60 em maluquices, o que significa que consigo cobrir o saldo negativo em miúdas ;)

2. Com excepção do jantar de aniversário, todas as refeições foram em casa ou preparadas em casa;

3. Só comprei um livro, por €1;

4. Vendi €13.38 de tralhas;

5. Recebi de reembolsos: €8.56;

6. Continuo com zero dívidas e "paguei" todos os envelopes de poupança;

1.jpg

 

Feitas as contas, sobraram cerca de €110, mas isso não são boas notícias.

Como decidi mudar o escalão de descontos para a reforma, e ainda estou em fase de processamento, não paguei este mês os €200 habituais. 

Ou seja, entre a despesa extra de €66 e o saldo negativo da electricidade, o mês iria terminaria com saldo negativo.

 

Os €110 vão direitinhos para o envelope electricidade. Com o frio que tem estado, é altamente improvável que a conta de Março seja muito diferente da que recebi agora.

 

Continuo determinada.

Pág. 1/7