Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Como baixar a mensalidade de fornecimento de serviços (republicação)

O ano está a terminar e é sempre uma altura em que parece dificil evitar o cliché de olhar para trás e fazer balanços. Hoje, depois de uma conversa que foi reforçada por um post, fiquei a pensar em pontos marcantes deste meu percurso para a paz financeira. 

 

Depois de um episódio da Oprah, vi pessoas endividadas a contactar empresas de crédito, pedindo que baixassem taxas de juro ou taxas de utilização. Isso inspirou-me a tentar o mesmo junto empresa de fornecimento de telefone e televisão paga. Com um único telefonema para cada uma das entidades, baixei a prestação mensal em ambos os serviços. Poupança imediata de 2 x €5.00 euros mensais.

 

Não é preciso muito e podem fazer isto hoje mesmo em 3 passos.

 

Como baixar a mensalidade de fornecimento de serviços

 

1. Trabalho prévio (facultativo)

Consultem as páginas dos diversos fornecedores e comparem os preços. Se puderem dizer ao vosso fornecedor que existem outras ofertas mais económicas, isso irá ajudar.

 

2. Juntem a documentação necessária

Provavelmente a factura terá todos os dados necessários (número de cliente e afins).

 

3. Peguem no telefone e sentem-se confortavelmente

Basta ligar e explicar que estão a repensar o contrato de fornecimento, perguntando se não existem alternativas mais económicas. Também podem ser mais radicais e simplesmente perguntarem quais os formalismos e prazos para terminar o contrato - é inevitável serem reencaminhadas/os para o departamento comercial. 

 

 

Com esta estratégia já consegui pacotes de chamadas gratuitas, descontos nas prestações e aumento da velocidade de internet. 

 

Adoraria ler os vossos testemunhos com esta estratégia. Boa sorte! 

 

(Republicação - publicação inicial em 27.12.2013)

4 comentários

Comentar post