Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Deixar de trabalhar por dinheiro.... já a patacas...

5.jpg

 

 

Eu leio coisas destas e pergunto-me se estas pessoas moram no mesmo país que eu.  

 

"Quando chegar a altura em que conseguir que os seus investimentos gerem dinheiro suficiente para cobrir as despesas mensais terá atingido a sua "independência financeira". E nem precisa ser muito. Se, por exemplo, tem mil euros de despesas, em média, todos os meses, e conseguir que os seus investimentos lhe dêem mil euros por mês já não precisa de trabalhar por dinheiro."  

(pg. 23) 

 

Pelas minhas contas, utilizando uma taxa muito optimista de 7% de rendimento anual, estaríamos a falar de cerca de investimentos na ordem 175 mil euros e nem estou a calcular impostos. Não fiz mal as contas, pois não?

 

Vamos a isso? Os unicórnios ficam para a próxima semana, pode ser? 

 

Se, durante cerca de 20 anos poupasse cerca de 730 euros mensais, conseguia. É uma pena que o meu salário não chegue aos 800. 

1 comentário

Comentar post