Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Descontos & Mamã a riscar carros como gente grande

Primeiro fui eu, que distraída a conversar com a minha mãe, raspei um carro estacionado. Depois de uma trabalheira para localizar a proprietária (liguei para a seguradora que está no selo do seguro e fiquei a ouvir música tempos infinitos), ela concluiu que era mais um risco a juntar á colecção e que o dano era facilmente reparado polindo.

 

Hoje, foi a minha mãe que abriu a porta com tanta força que foi bater no carro ao lado. Lá vou eu outra vez atrás de donos. Desta feita, através do intercomunicador do supermercado.

Outro que iria ver se não resolvia polindo o risco (menos do que me pareceu inicialmente, confesso).

 

Ambos louvaram a honestidade. Confesso que isso causou-me tristeza. É este o ponto a que chegamos? Elogios por não seremos desonestos? Não deveria ser essa a regra mais elementar de viver em sociedade?

 

Já agora. Alguém já foi ao mecânico/pintor para polir o carro/parte do carro? Isso é coisa para ficar caro? 

Não é para mim, é para uma amiga. ;)

13 comentários

Comentar post