Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais - Janeiro/2016

miúdas - €22,79 (excedeu o envelope)
prendas - €6,69 (saído do envelope)
supermercado - €71,72 (saldo em cartão €3.86)
maluquices - €13,29 (excedeu o envelope)
restauração - €72.42
carro - €65.35 (saído do envelope)
casa -€3.99 (saído do envelope)

 

O mês de Janeiro foi de total falta de auto-domínio. E digo isso porque é verdade. Destaco o valor de restauração porque é a rubrica que mais sinto que é grave ter gasto tanto dinheiro, especialmente quando não precisava/devia. 

 

Uma das vantagens de fazer um registo de despesas é, precisamente, saber para onde o dinheiro foi. Por exemplo, estes €72.42 de restauração têm apenas 4 almoços (não trouxe a marmita, máx. 7 euros/cada), um jantar de aniversário (€20.00) e o remanescente são pingos e bolos e lanches e afins.  

 

Mas pior é ter gasto €6.00 em 3 registos de euromilhões. Pelo menos os €72.42 foram comidos, os €6 só saíram do bolso. Pensei, sinceramente que já me havia passado esta fase...

 

Quanto à segunda maior despesa, o supermercado, cerca de 50% foram itens para uma festa de aniversário. Por isso, acho que não está nada mau, para quem só faz cerca de 3-4 refeições por semana + pequenos-almoços e lanches e tem um quintal com produtos hortícolas.

 

Em suma, há muito desperdício nestes gastos. Sinto, literalmente, que atirei dinheiro ao lixo. 

 

Felizmente, ainda assim consegui poupar, mas nem chegou aos €100. Outra boa notícia é que, com vendas no OLX, consegui aumentar em €12.00 o meu envelope para a casa; como estou a querer colocar umas prateleiras no meu escritório sinto-me muito satisfeita que o possa fazer dentro do meu orçamento. 

 

E já estamos em Fevereiro... só estamos no dia 3 e já não trouxe marmita. Ai, Cristina!

14 comentários

Comentar post