Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais - Setembro

Que mês apertado. Com as compras extra para a casa tive de ir ao fundo de emergência. Foram apenas €126.32 euros, mas ainda assim resultou de duas coisas que não podem acontecer no meu orçamento:

1º faltar dinheiro;

2º comprar itens não urgentes antes de ter o dinheiro poupado. 

 

Convenhamos, qual era a diferença entre comprar o desumidificador no dia 24 de Setembro e ter esperado para Outubro? Nenhuma, excepto a minha necessidade de instantânea gratificação.

 

O rescaldo:

 

Quotas

Paguei quotas de uma associação até ao final do ano. Saíram €20 do envelope e ainda ficaram €115 - não vou precisar de tanto em Janeiro.

 

Supermercado

Gastei €100.05 (1 pessoa), bastante mais do que imaginava, pelo que vou recorrer ao velho truque de guardar os talões do supermercado durante um mês, para ver onde anda o dinheiro. 

 

Restauração

Gastei €39.57, ou seja, nem €1.00 poupei do meu orçamento mensal. Continuo a comer porcarias - bolas, bolas, bolas.

 

Restauração extra

Nos extras, com a minha mãe, só gastei €12.95. Considerando as consultas que tivemos, até foi pouquinho.

 

Carro

No carro gastei €116.99, entre gasolina, estacionamento e via verde. Francamente, acho que misturei aqui valores do envelope férias. Mas nem me vou preocupar com isso agora; seja como for, está pago.

 

Maluquices

Gastei €14.56 o que significa que saio daqui com um saldo negativo de €14.56.

Pelo menos não foram mal gastos. €4.20 (depois de descontos) para donativo de ração animal, uma revista de moldes de costura (€4.21) que FINALMENTE tem um modelo de camisola que procurava, por ser mais adequada a principiantes. O resto foi: €2.00 num puzzle de 1000 peças novo e custos de envio de trocas (que me têm rendido roupa para as miúdas).

 

Miúdas

Mas, entre roupa a €1 e feira do livro, o envelope das miúdas acaba o mês de Setembro com €18.50 de saldo negativo. 

 

Prendas

Gastei (do envelope) €10 numa prenda para a minha mãe. O envelope já só tem €20 e isso inclui o natal... pois...

 

Saúde

Gastei  (do envelope) apenas €4.26. Com a isenção de taxas moderadoras e uma boa saúde, este envelope está a engordar - tenho mais de €70. 

Também tenho cerca de €250 no meu envelope saúde 2, que utilizo para pagar consultas no privado e dentista. Ainda tenho de marcar duas até ao final do ano (já deveria ter ido), mas mesmo assim vai sobrar. 

Por outro lado, vou ter de tirar um dente siso que está deitado - alguém faz ideia de quanto ficará tal brincadeira? Algo me diz que não vou ter de me preocupar com dinheiro a sobrar. 

 

Casa

Ainda não comecei com os gastos a sério, porque ando a adiar obras. Mas em Setembro, com desumidificador, estendal, silicones, canalizador, etc... foram €190.97. 

 

Créditos

Em Setembro fiz €5.30 em vendas (venda - custos de envio). Tenho de me dedicar mais à venda das minhas tralhas. 

 

Em suma, se não fosse a compra do desumidificador, teria poupado €54.75. 

 

Objectivos para Outubro:

- melhorar os meus gastos de restauração;

- privilegiar as trocas em mãos (em vez de envios pelos CTT);

- não fazer gastos em envelopes já em saldo negativo: casa (excepto obras) e miúdas;

- melhorar as minhas vendas e alocar toda a poupança a repor os €126.32 que estão em falta no meu fundo de emergência;

- começar a fazer os presentes de natal.

9 comentários

Comentar post