Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Eu e os livros

Ontem estava a rever as minhas leituras de 2016 e a relembrar-me do meu propósito de não comprar livros durante um ano.

Com efeito, ainda não comprei (para mim), tendo recorrido aos livros não lidos das minhas estantes e às bibliotecas a que tenho acesso. 

Aliás, um outro objectivo é ler o que, pelo menos 50% dos livros lidos fossem da estante. Como percebi que não estava a cumprir, mudei de estratégia: só requisitar 1 livro da biblioteca depois de ter lido 3 da estante. Até à data: 22 livros lidos da estante vs. 9 livros requisitados.

Não se sintam mal por mim, eu possuo mais de 200 livros não lidos. 

 

Recorro ainda a trocas de livros e à página Winkingbooks. Fiz um envio de um livro de bolso que desisti de ler (que também recebi numa troca). O custo de envio foi de €0.40 (correio editorial) e agora aguardo o envio do livro que escolhi.

 

Ler = ficar em casa = poupar dinheiro

Eu raramente leio em locais públicos porque prefiro o silêncio. Por isso, ler é uma das formas de entretenimento mais económicas que conheço - o tempo voa, estás no sofá e não gastas dinheiro em compras de impulso ou restauração.

6 comentários

Comentar post