Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Presentes caseiros, sim ou não?

Já não me recordo bem como começou a discussão, mas lembro-me que a inspiração veio da Ana F.: presentes caseiros, sim ou não?

 

Da discussão surgiram algumas conclusões interessantes relativamente aos presentes caseiros:

- podem ser tão "monos" quanto os comprados;

- devem ser personalizados para reflectirem o apreço de quem dá para quem recebe;

- não são sinónimo de economia, pois podem ficar mais caros que os presentes comprados;

- devem ter qualidade.

 

Surpreendentemente, li que várias pessoas preferem fazer que receber. Percebo a primeira parte - eu também obtenho muito prazer em escolher, planear e executar um presente para alguém especial (eu só dou presentes a pessoas que me são muito especiais); da segunda parte só posso deduzir que quem faz poderá ter uma melhor percepção de um presente caseiro intencionado ou despachado e como tal, rapidamente identifica o pouco empenho. Adoraria que comentassem.

 

Fiquei com a sensação que há uma má impressão em relação a presentes caseiros, causada por muitas manualidades que nada têm de ARTEsanato. Quanto a esse aspecto, concordo plenamente e por isso da minha cozinha nunca saíram presentes caseiros (ainda tenho esperança de fazer uns bombons caseiros).

 

Infelizmente não tenho quem me ofereça presentes caseiros, mas há imensas coisas que gostaria de receber. Tenho uma prima que faz rissóis maravilhosos, mas nunca tive coragem de lhos pedir como presente de natal, em vez das coisas que me costuma comprar (são muito bonitas, mas para as quais não tenho utilidade). Garanto-vos que preferia uma saquinha de rissóis caseiros a qualquer outro presente.

 

Por isso, porque acho que os presentes caseiros estão a levar com muita má fama de pessoas sem arte, estou determinada a fazer uma campanha pelo presente caseiro... aguardem, por favor.

4 comentários

Comentar post