Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Livre de dívidas - a contar os dias

Descontos, 18.03.13

 

Em tempos idos, no meu banco, foi possível criar uma conta meramente virtual e acessória à principal, sem custos e que permitia transferir valores de uma para outra.

 

Eu utilizava essa segunda conta como a conta profissional, para onde redireccionava os valores que teria de suportar a título de despesas profissionais, cumprimento de obrigações legais, etc.

 

É nessa conta que tenho associado o crédito, pelo que no início do mês transfiro o valor da prestação e no final do mês o que restou do salário desse mês.

 

Esse tipo de gestão permite-me sempre uma visão imediata do que gasto ou não, em relação ao salário:

- se precisar de retirar da conta do crédito para a conta ordenado é porque já gastei mais que o ordenado desse mês e

- se, no final do mês, transferir dinheiro da conta ordenado para a conta do crédito é porque poupei.

 

Depois, se a poupança ficar consolidada e aumentar, passa a depósito a prazo. 

 

Que tipo de estratégias utilizam na gestão das vossas contas bancárias?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.