Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Orçamento familiar

Descontos, 15.04.13

Continuo a gastar, em grande medida, o stock de produtos. Dado que as promoções em produtos que efectivamente uso tem sido escassa. Com efeito, no valor gasto estão incluídas compras com vales Palmolive e até o leite para um mês.

 

Nestas últimas semanas senti a necessidade de aditar uma coluna à minha folha de registos, que donominei "quanto custou" e que regista o custo dos produtos, depois de deduzidos os respectivos descontos (seja em desconto em cartão continente ou vales de fornecedor), sem contabilizar o que foi pago com cartão continente. 

 

Assim, posso ficar com uma visão mais realista dos custos, que permite excluir visões deturpadas criadas pela acumulação de créditos em promoções de 100% desconto ou gasto ou obtenção de créditos com produtos extra-alimentação.

 

Por exemplo, se não tivesse tal registo, ficaria apenas com o valor saído de bolso (em 15 dias): €5.96. Ora, tendo cerca de €70.00 de crédito em cartão do mês anterior, esse valor não diz nada do que estou a gastar. 

 

Na verdade, depois de descontos, o total de €75.09 ficou em €37.30 e isso foi quando gastei este mês, mesmo que tenha gasto apenas €5.96 e isso porque fiz compras fora do Continente (sim, porque eu vou onde esteja mais barato, independentemente do crédito em cartão).



Semanas 14+15/2013 (Abril)

 

Valor total das facturas: € 75.09

Quanto custou (depois dos descontos nas respectivas facturas): €37.30

Vales de desconto: € 3.00

Reembolsos: €0.00

Pago com cartão Continente: € 66.13

 

 

Saído de bolso: € 5.96

Saldo no cartão: € 33.17

3 comentários

Comentar post