Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Se pudesse falar aquela que fui aos 20 anos...

Descontos, 16.05.13

A blogger Holly Johnson escreveu um excelente texto com recomendações (em forma de conselhos sobre finanças pessoais) para a sua versão mais jovem. Acho que não é um sentimento incomum. Todas/os gostaríamos de voltar atrás no tempo e recomendar àquela/e que fomos, que não cometa este ou aquele erro. Se pudéssemos fazer o calendário recuar, o que não tentaríamos corrigir? 

 

Holly Johnson reconheceu na sua jovem colega de trabalho, comportamentos frugais e uma motivada/motivadora atitude face à eliminação de dívida (empréstimos de estudante). Uma atitude que revejo actualmente num número cada vez mais elevado de pessoas mais jovens: preocupam-se com os preços, já ajudam os pais a comprar... 

 

Com efeito, eu gostaria de ter feito o que nem eu nem a Holly Johnson fizemos:


- começar a poupar para a reforma o mais cedo possível: se tivesse poupado em média €100.00, nos últimos 10 anos (e poderia tê-lo feito), eu estaria agora com uma poupança de € 12.000; daqui a 10 anos, outro tanto. O suficiente para poder almejar segurança financeira e até uma reforma antecipada;


- evitar dívidas: se fizer as contas de forma honesta, a maior parte das dívidas que contraí foram resultado de viver acima das minhas possibilidades, gastando em coisas desnecessárias ou gastando de forma errada (juros em cima de juros); experimentem rever as vossas despesas feitas com cartão de crédito (por exemplo) e penso que chegarão à mesma conclusão que eu, que a generalidade das despesas foram supérfluas ou desnecessárias.


Seria tão bom se a nossa versão melhorada com a experiência e aprendizagem pudesse voltar atrás para corrigir os nossos disparates. Não acham?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.