Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Ligar os pontos - versão para adultos

Descontos, 30.06.15

Há quem prefira livros de colorir, mas há alternativa como por exemplo actividades de ligar os pontos. Mas aviso já: isto não é para criancinhas e é viciante.

 

dots.JPGdots2.JPG

 

Algumas páginas que recomendo que imprimam em tamanho A4: 1 - 2 - 3 - 4 - 5 

 

Para encontrar estes e outros exemplos, pesquisei o google por "connect the dots" "dot-to-dot", combinando ainda com as palavras "extreme" e "printable". 

 

Também poderão encontrar versões mais infantis para a pequenada.

Perigosamente a entrar num ciclo de auto-justificação

Descontos, 29.06.15

Certamente conhecem aquela vozinha que nos diz: apesar de teres gasto o que não devias/não tinhas planeado, foi uma boa compra porque... 

 

Está frequentemente dentro da nossa cabecinha, mas também pode ser ouvida a sair da boca de amigos ou conhecidos quando, perante os nossos incentivos à poupança, respondem com um mas...

... mas comprar um carro novo agora é melhor que continuar a reparar o antigo. 

... mas a roupa está tão barata que nem compensa reparar.

... mas o tempo que perdem a procurar promoções, não vale o que se poupa.

... mas estava em promoção.

... mas o cartão de crédito tem juros gratuitos durante X dias.

... mas é só uma prendinha.

...

 

Este ano, especialmente nos últimos meses, tenho sentido que recuei em vários pontos:

- deixei de fazer o registo de despesas;

- passei a ir ao café tomar o pequeno almoço cerca de 2/3 dias semana (€2.40/dia);

- passei a ir almoçar à restauração mais vezes do que aquelas em que levava marmita (€5 a €8/dia);

- ultrapassei sistematicamente o valor reservado para "maluquices" (€10/mês);

- comprei umas sapatilhas por €25.00, uma semana antes de começarem os saldos (eu nem sabia a data);

- optei por um jantar com as miúdas numa cadeia de fast food quando poderia ter feito uma pizza em casa;

- comprei brinquedos.

 

Em relação a estas compras ou comportamentos, utilizei pelo menos uma das desculpas que descrevi. 

 

Sabiam que há uma teoria da psicologia que explica estes comportamentos?

Quando algo que fazemos não está de acordo com a opinião que temos de nós próprios (nos nossos valores), entramos em dissonância cognitiva. Para a eliminar ou diminuir, vamos reduzindo o valor desses comportamentos (por exemplo "é um pequeno gasto, face ao que poupamos no resto do tempo") ou introduzindo nova informação ("no fundo, até poupamos a longo prazo" ou "é um investimento em mim própria").

A nossa mente fará de tudo para recuperar o equilíbrio, para defender o nosso ego e a nossa auto-percepção de que somos pessoas boas, sãs, racionais e inteligentes.

 

A minha principal fonte de insegurança continua a ser a minha velhice. Porém, hoje acordamos com angústias adicionais: a crise na Grécia materializa-se em limites aos levantamentos bancários, bancos fechados, filas nas gasolineiras, filas em supermercados... Racionalmente sei que estamos distantes dessa realidade, mas não posso deixar de ter medo do futuro. 

 

Por variadíssimas razões, tenho de corrigir o meu comportamento.

Remendar para poupar

Descontos, 29.06.15

1.jpgFonte

Já tenho mais umas calças de fato de treino para remendar. Um rasgão numa perna que não me recordo como fiz. Decidi fazer um remendo visível e não faltam inspirações:

 

tomofholland (The Visible Mending Programme: making and re-making)

http://katrinarodabaugh.blogspot.pt (tag "visible mending")

http://purplepoddedpeas.blogspot.pt (post "visible mending")

http://www.stitchandyarn.com (post "Visible mending for my mid-month mend")

http://janesprobablyknitting.blogspot.pt (post "Badges of honour")

Textile Surgery (tag "textile surgeris")

 

Ideias para presentes económicos: Diário de leituras

Descontos, 27.06.15

Estes posts reflectem uma opinião pessoal. Não fui contactada por nenhuma marca ou recebi qualquer contrapartida. Todas as sugestões serão abaixo de €10.00.

 

 

dl1.JPG

Se têm alguém que gosta de livros, mas não sabem bem que livro comprar, esta é uma excelente alternativa: um diário de leituras, para registar que livros lemos, citações preferidas, etc... 

Custa €5.50 na Bertand.

No blog A viajante podem ver algumas páginas interiores.

As minhas férias - 2

Descontos, 24.06.15

Uma das vantagens das férias a não fazer nada é poder poupar muito dinheiro: em alojamento, em viagens, em refeições.

 

Ora, isso não significa que não faça nada e não gaste nada. É que as férias a não fazer nada têm de ser interrompidas por dias a passear a família, com despesas em viagens e refeições. 

 

Outra coisa é o MEU entretenimento que, este ano passará por:

- compras que fiz em livros (já gastei o que tinha a gastar, agora estou proibida de comprar mais)

- compra que fiz em saldo MEO VideoClube Card (aproveitei as promoções de €10.00 por saldo de €20.00)

- uma ou mais idas ao cinema (tenho pontos no FastGalp para pelo menos 1 bilhete)

Na verdade, não conto gastar muito.

 

Para passear a família não fiz um orçamento. Aliás, nunca tive este valor em envelope porque varia muito e acaba por ser um reflexo de não gastar noutro sítios:

- não gasto gasolina para ir trabalhar - gasto para viajar

- não gasto dinheiro em restauração no trabalho - gasto para as saídas

 

Mais, como estou a poupar entre €100/€250 euros por mês, acho que esse valor é mais que suficiente para umas saídas. Ou seja, nunca ultrapasso o valor do salário mensal.

 

E porque não dar férias ao orçamento? Felizmente tenho um salário que mo permite e alguns anos de esforços de poupança, que me dão a paz de espírito para os extras.

As minhas férias - 1

Descontos, 23.06.15

Há um abismo entre as férias desejadas e as férias que posso ter. Mas a crise económica não tem responsabilidade neste assunto. 

 

Eu sonho com umas férias a fazer nada. Nenhuma responsabilidade, nenhuma tarefa, apenas ficar dentro de casa a fazer absolutamente nada, excepto ler, ver televisão, costurar, fazer um puzzle e pouco mais. 

 

Imagino que há muitas/os que partilham a mesmo sonho. Não ter de fazer nada, já seria muito.

 

Porém, importa não esquecer que, umas férias a nada fazer  provavelmente significaria que não teriamos algumas pessoas na nossa vida (as mesmas que são a razão de tantas responsabilidades). Assim, festejem-se as responsabilidades e o facto de continuar a ter salário enquanto gozo as férias (o mesmo não poderão dizer muitos trabalhadores independentes).

 

Remendar para poupar

Descontos, 23.06.15

Continuo a optar pelos remendos.

É uma opção mais sustentável, mais económica e até mais descomplicada (é uma trabalheira encontrar umas calças de fato de treino completamente brancas que não sejam largas em baixo). 

As minhas calças de limpeza (brancas porque utilizo lixívia em algumas ocasiões) tinham alguns buracos provocados por uma sessão de trepar ao limoeiro.

Bastou um ponto zig zag e continuam perfeitamente aptas para as limpezas.

DSC_0031.JPG

Ideias para presentes económicos: Ebook

Descontos, 20.06.15

Estes posts reflectem uma opinião pessoal. Não fui contactada por nenhuma marca ou recebi qualquer contrapartida. Todas as sugestões serão abaixo de €10.00.

 

ecobook.JPG

 

 

Estão a ver os quadros brancos, em que escrevemos com um marcador e apagamos? Pois bem, agora há um caderno e a versão A5 fica por €7.50, com o marcador.

 

Eu tenho um e adoro. É excelente para rascunhos, para notas, listas de compras, listas de tarefas, etc...  

 

Este caderno reutilizável e amigo do ambiente foi criado por dois estudantes de Viseu e já pode ser comprado nas lojas FNAC, embora possam encontrar outros revendedores. Mais informações aqui.

Televisão gratuita - Gomorra, na RTP2

Descontos, 19.06.15

Não escondo que sou fã das séries que têm passado na RTP2, pelas 22h30.

phpThumb.jpg

 

 

Depois do fim de "Um crime, um castigo", começa hoje Gomorra, uma série italiana baseada no bestseller de Roberto Saviano.

 

Em pouco tempo, Gomorra tornou-se num evento mediático em todos os países onde já estreou, tendo sido distribuída em quase todo o mundo, sendo a primeira série que, não sendo norte-americana, foi distribuída nos EUA.(fonte)

 

Gomorra conta a história de um grupo da Camorra, a máfia napolitana.
O temido capo, Don Pietro Savastano é líder dos Savastano, um dos clãs mais poderosos da Camorra que impõe a sua lei em Secondigliano, e tem tudo para se tornar o chefe do grupo. Seu braço direito é o inteligente e ambicioso Ciro Di Marzio e o seu grande rival no tráfico de drogas é o temível Salvatore Conte. A partir deste argumento, a série retrata o confronto entre os dois capos, a traição, a vingança e a vida pessoal dos membros da Camorra. 

 

Quem disse que é preciso ter televisão paga, para ter televisão de qualidade?

Livros infanto-juvenis

Descontos, 17.06.15

As notas só sairam ontem, mas eu já estou a pensar no próximo ano lectivo da pequenada. Uma das minhas preocupações, todos os anos, é incentivar a leitura. É por isso que troco livros, procuro informar-me sobre o que é importante, sobre promoções, sobre livros usados...

 

A qualidade de tia não me permite responsabilizar-me por recolhas e entregas de livros de bibliotecas pelo que fiz uma biblioteca caseira.

 

Mas o que escolher? O que é indicado para a idade X ou Y? O que será necessário/útil para a escola?

 

Os livros

Eu faço as minhas escolhas utilizando como indicadores duas fontes: Plano Nacional de Leitura e as listas que aparecem nas "METAS CURRICULARES DE PORTUGUÊS" (em fase de actualização). 

 

As "METAS CURRICULARES DE PORTUGUÊS" podem ser consultadas aqui (listas de livros nas páginas 70 e seguintes). Houve uma pequena alteração que poderão consultar aqui. Tenham em atenção que a lista pode sofrer alterações, mas isso não faz com que a obra deixe de ser relevante. Ler é bom!

 

Geralmente, para as férias tento ter sempre dois livros, um do ano que terminou e outro do ano lectivo seguinte. Procuro sempre escolher um livro interessante, de acordo com os gostos pessoais da miudagem.

 

Os poemas e os contos

Eu também aproveito para imprimir alguns textos que já possam estar no domínio público, com ou mais embelezamentos. Por exemplo, é bastante fácil fazer uma compilação dos poemas indicados. 

 

É muito fácil encontrar poemas e contos online. Mais, como são curtos, geralmente é o que aparece publicado nos manuais escolares, por isso, são os últimos na minha prioridade.

 

Outros formatos

Não se esqueçam que há muitos contos e poemas que estão em formato audio ou vídeo. É tudo uma questão de procurar. 

 

A título meramente exemplificativo:

1º Ano

Dez dedos, dez segredos

2º Ano

Fala bicho

Uma flor chamada Maria

3º Ano

(ainda não encontrei)

4º Ano

A maior flor do mundo

 

Mas por favor, nada de fichas de interpretação! FÉRIAS!

Pág. 1/2