Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Querem fazer um donativo grátis?

Descontos, 20.08.15

 

 

Solidariedade a custo zero.

 

Kiva é uma organização de micro crédito que nos permite fazer empréstimos de dinheiro a pessoas carenciadas por todo o mundo. É um investimento num mundo melhor.

 

Se querem saber mais, leiam este post

 

A NOTÍCIA FANTÁSTICA: 

Podem fazer o vosso primeiro empréstimo sem qualquer custo.

 

 

COMO DOAR

 

Clicam no meu perfil e ao registarem-se receberão um bónus para o vosso primeiro empréstimo. SEM QUALQUER CUSTO. Eu também receberei esse bónus. Assim, por cada novo registo são mais 2 empréstimos que serão feitos.

 

A melhor parte? Também poderão fazer convites e continuar a receber bónus. 

 

Meu objectivo para este projecto: tratamentos médicos.

k1.JPG

k2.JPG

k3.JPG

k4.JPG

k5.JPG

 

 

Por vezes ser solidaria/o não custa mesmo nada. Uns 2 minutos na internet.

 

 

INSTRUÇÕES

 

Não esquecer de remover o donativo à organização:

 

Audiolivros e livros digitais gratuitos

Descontos, 13.08.15

Além dos audiolivros e livros digitais (em inglês) que conseguem gratuitos por estarem no domínio público, podem também aproveitar os períodos experimentais dos serviços pagos. 

No meu caso, eu considerei apenas a Audible (do grupo Amazon) e o Sribd por ser necessário fornecer os dados de um cartão de crédito (eu tenho um cartão recarregável para a internet); só considerei estes sites como "legítimos". 

Naturalmente, não faz sentido a inscrição simultânea nos dois; para melhor aproveitar, inscrevi-me primeiro no Audible e depois de terminar esse, increvi-me no Scribd.

 

www.audible.com
audible1.JPG
 

30 dias gratuitos, mas apenas oferece 1 audiolivro

permite partilhar em múltiplos aparelhos, o que possibilita pensar numa conta "familiar" partilhada

depois de feito o download, o audiolivro é do utilizador, mesmo depois de cancelar a subscrição

permite ouvir os audiolivros sem acesso à internet

possui um catálogo mais actualizado

 

 

http://www.scribd.com

scribd.JPG

14 dias gratuitos, todo o catálogo de livros digitais disponíveis e uma selecção de audiolivros*

é um serviço streaming, logo só temos acesso aos títulos enquanto mantivermos a subscrição

permite partilhar em múltiplos aparelhos, o que possibilita pensar numa conta "familiar" partilhada

 

permite ouvir/ler os títulos sem acesso à internet

possui um catálogo muito alargado e com bastantes títulos recentes

 

* alterado em Set2015

Férias e actividades gratuitas

Descontos, 06.08.15

843522f62a61561891ef66c6c90643f0.jpg 38ª Feira Nacional de Artesanato - Vila do Conde

(até 9 de Agosto de 2015)

5ª - 17h00 - 24h00 / 6ª e Sáb. - 15h00 - 00h30 / Dom. - 15h00 - 24h00  

 

Ontem visitei pela 1ª vez a Feira Nacional de Artesanato de Vila do Conde. Pode ter sido a 1ª, mas garanto-vos que não será a última. É a mais completa que já visitei, com verdadeiros artesãos e com uma fantástica amostra de todo o país.  Mais, a entrada é gratuita

Pareceu-me acessível a pessoas com mobilidade reduzida e tem ao lado um parque infantil debaixo de árvores, para um momento de brincadeira com os mais pequenos.

 

Uma das coisas que é obrigatória: as rendas de bilros. Até existe um pavilhão em que podemos (e as crianças) experimentar e fazer um pequeno projecto (não é o que está na foto, claro). 

WP_20150805_005.jpgPara mim, as rendas de bilros estão sempre associadas à minha avó. Recordo-me vivamente de pedir, na mercearia, as tampas de plástico das garrafas de vinho: os bilros de rendilheiras pobres.

 

O verão está pontilhado de actividades gratuitas, por todo o país. Não deixem de acrescentar experiências diferentes às vossas memórias das férias.   

 

Próximo item na minha lista: visitar o Museu das Rendas de Bilros.

Diário das minhas finanças pessoais - novo fundo de emergência

Descontos, 04.08.15

Como as minhas obras eram uma emergência, acabei por encaminhar toda a minha poupança disponível, inclusivé o meu fundo de emergência.

Assim, o meu objectivo mais imediato é refazer o meu fundo de emergência, encaminhando para lá todas as poupanças que fizer.

Neste momento, eu considero que o meu objectivo tem 3 níveis:

- fundo de emergência de nível 1: €500 (até ao final de 2015)

- fundo de emergência de nível 2: €1000 (até ao final de €2016)

- fundo de emergência de nível 3: €2500 (cerca de 3 meses de salário)

 

Com os níveis, fico focada: em vez de olhar para o elefante, vejo as dentadas que lhe tenho de dar.

Os pequenos passos são uma forma de conseguir uma motivação renovada: os primeiros €500 são cerca de 5 meses de poupança, ou seja, até ao final do ano. Serve para um imprevisto, um electrodoméstico que precise de ser substituído, uns óculos que se partem, etc...

 

Até ao nível 2, pretendo encaminhar toda a minha poupança para o fundo de emergência. Depois disso (€1000-€2500) planeio reforçar o fundo de emergência com uma transferência pontual e (provavelmente) encaminhar o remanescente para a poupança reforma. 

Mas, para já, vou concentrar-me em 2015.

Diário das minhas finanças pessoais - Julho

Descontos, 03.08.15

foreign coin & hand 0004.jpg

 Em Julho poupei cerca de 150 euros sem ultrapassar o disponível nos meus envelopes, excepto €2.00 no envelope de maluquices.

 

Excepcionalmente decidi não aplicar este valor às poupar porque acredito que os posso gastar em extras de Agosto:

- supermercado - vou aproveitar a época dos tomates e curgetes (do quintal) para cozinhar para o congelador (por exemplo, hamburgueres e almôndegas com molho de tomate; feijoada de feijão preto, ...); vou comprar mais gelados; vou cozinhar para mais pessoas;

- carro - vou passear mais e com viagens mais longas, por isso irei gastar mais gasolina e portagens;

- restauração - vou passear mais e isso implicará mais consumo em restauração, não tanto em almoços, mas lanches serão mais frequentes.

 

No final de Agosto, o que poupar será encaminhado para as poupanças, como habitualmente. 

 

Agosto

 

A organização dos envelopes em Agosto será um pouco diferente.

- supermercado - não vou registar despesas, mas vou contabilizar os talões de compra no final do mês

- restauração - não vou registar despesas, mas vou anotar quanto coloco no pequeno porta-moedas dedicado a essa despesa (assim percebo quanto gastei)

- carro - é uma  despesa que quase sempre pago por multibanco  e via verde, por isso só preciso de registar o que pago em dinheiro

- miúdas - vou andar com este envelope porque planeio utilizá-lo para algumas actividades de férias

- maluquices - vou registar estas despesas, mas não irei respeitar o orçamento mensal, esta rubrica será a que paga entrada para um museu, uma ida ao cinema, etc.

 

Agora pergunto-me se não deveria criar um envelope "férias" para abarcar estas despesas (excepto a de supermercado).