Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Melhores finanças pessoais em 2019: Começar/aumentar a poupança com 1%

Uma das minhas decisões de final do ano foi retirar dos meus rendimentos disponíveis a quantia de €20 euros mensais para reforçar o meu fundo de emergência. Eu escolhi reforçar o fundo de emergência porque, não ter um, estava a causar-me muita ansiedade. 

 

Fi-lo inspirada em duas estratégias de poupança: o pouco é melhor que nada e que a poupança automática ao início do mês é a forma mais eficiente de poupar.

 

Por isso, se não têm uma poupança, porque não começar uma hoje, com 1% do vosso rendimento?

 

Seja para um fundo de emergência, para os presentes de natal ou para alocar ao pagamento antecipado de uma dívida, esses 1% devem ser retirados do vosso rendimento disponível no início do mês. Essa a principal estratégia para o sucesso.

 

Por exemplo, podem:

- pagamento pontual do vosso cartão de crédito que não interfira nas datas dos pagamentos regulares;

- fazer um depósito a prazo, com reforços automáticos para, no final do ano ou de X meses, utilizarem para fazer um pagamento extra de uma qualquer dívida; 

- fazer uma mini poupança para pagar uma despesa anual (desde o IMI, um seguro ou os manuais escolares);

- fazer uma mini poupança para umas férias;

- começar/reforçar o fundo de emergência;

... 

Capturar (11).JPG

Acção do dia: começar.

Melhores finanças pessoais em 2019: Vender tralhas

Hoje vendi 26 copos que nunca usei por €20. Estavam há 20 anos num sotão, sem sairem das suas caixas. 

No meu bolso, permitiram-me pagar uma torradeira/grelhador (usada, um 2 em 1), que por sua vez permitiu que libertasse espaço do outro grelhador (demasiado grande) e torradeira, que foram doados a um familiar.

Tudo vantagens. 

Capturar (8).JPG

Este fim-de-semana aproveitem para vender 1 coisa. Uma única coisa. Fotografem bem, sejam cuidados/as com a descrição e publiquem o anúncio. Boa sorte! 

Se possível, comecem por colocar algo com um valor de €15-€20, para compensar o trabalho que virá de seguida: responder a mensagens, combinar entrega e pagamento, etc.

 

Não é só o espaço e o dinheiro. O acto de destralhar, de olhar para as coisas e perceber que já não as querem, irá fazer com que reavaliem as vossas compras. 

Mealheiro literário

Encontrei 3 menções ao mealheiro literário: simplesmentemarisa.blogspot.com (2015), quandoseabreumlivro (2016) e por-detras-das-palavras (2018), embora tenha sido neste último que encontrei pela primeira vez a curiosa expressão.

 

A autora já actualizou o seu mealheiro literário para 2019 e considero-o uma excelente ideia para quem quer controlar os seus gastos em livros, mas também valorizar o dinheiro que se poupou com empréstimos, trocas, bibliotecas, etc.

 

O meu objectivo para 2019 é que não haja saldo negativo e que os livros que vendo permitam comprar outros livros que desejo. E nem que para isso aproveite alguns achados em lojas solidárias para vender ou trocar. 

Assim, pretendo registar: custo de livros, custos ctt com trocas, receitas com vendas de livros. 

 

Hoje comprei dois livros: - €1

Pág. 1/5