Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Eu não sou um robot

Esta semana estive a ler dois artigos interessantes, que falando de coisas muito distintas, no fundo são a mesma coisa.

 

Um deles fala sobre a emergência de influenciadores no Instagram que não passam de código informático. So Buetti decidiu criar uma conta no Instagram e criou um código informático que iria automaticamente "seguir" 25000 pessoas, na esperança que essas também o seguissem. A sua conta não fez mais que republicar fotos alheias e aceitar seguidores.

 

Com a conta criada e os novos seguidores, o mesmo "robot" enviava mensagens a restaurantes, propondo publicidade (encapotada) em troca de refeições gratuitas. Voilá, assim nasce uma conta de instagram gerida por um robot.

 

Qualquer semelhança entre os posts publicados e a genuína experiência de um humano nesse espaço comercial, é pura coincidência.

 

O outro artigo é sobre uma youtuber da comunidade vegan que foi apanhada a comer peixe. Acabou por confessar que a sua dieta lhe trouxe problemas de saúde e que teve de introduzir ovos e peixe na sua alimentação.

 

Por isso, não é de todo descabido o momento televisivo em que a actriz Anne Hathaway, enquanto falava de ter visto um livro sobre desintoxicação com citrinos, convida o público do programa da Ellen Degeneres a respirar pelo buraco de uma clementina descascada, como forma de incluir citrinos na meditação (respiração).

 

E está o público a respirar pelo buraco da clementina, quando ela diz que tinha inventado tudo e que a lição do exercício era: não ponham coisas na vossa boca, simplesmente por uma celebridade o disse para o fazerem.

 

Por mim, juro por minha honra que tenho sangue nas guelras e que as minhas poupanças e desvarios são reais.

Pág. 1/3