Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Poupar com presentes

Descontos, 20.02.13

Eu acredito neste percurso de poupança, mas estas coisas têm alguns impactos no relacionamento com familiares. Por exemplo, quererem dar-vos dinheiro e outras coisas porque acham que estão com problemas financeiros. Been there, done that.


Por esse motivo (entre outros) é importante que haja comunicação com partilha de objectivos e motivações. Acreditem que essa partilha tem a potencialidade de um efeito multiplicador desses mesmos objectivos e motivações (ainda que em graus diferentes). Poderão descobrir que afinal, nos vossos familiares e amigos encontrarão parceiros.

 

Por isso, decidi pedir - de forma muito intencional - a um dos meus familiares mais próximos que se junte a mim, nesta estratégia de poupança quando do meu aniversário.

 

Não quero presentes comprados (para que este poupe dinheiro e eu poupe espaço), mas algo que realmente necessito, que me custaria tempo e dinheiro e que ele pode dar-me apenas a expensas do seu tempo: uma limpeza completa e serviço de manutenção da minha bicicleta.

 

Este familiar tem os conhecimentos e à vontade com o processo e eu a necessidade. Não poderá ser esse o presente perfeito?

 

Quantas vezes não prefeririam que, em vez daquela caixinha que desembrulharam, alguém vos tivesse oferecido 2 horas de tempo a passar a vossa roupa a ferro? Ou 1/2 dúzia de rissóis caseiros para congelar?

 

O que mais gostariam de receber como presente que não envolva dinheiro?

 

 

5 comentários

Comentar post