Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Destaque dos meus saldos: umas calças novas para mim

Descontos, 16.07.14

 

 

Comprei uma gabardine. E vocês pensam... e eu com isso? 

No fundo é a sequência deste post aqui.

 

Cumpria todos os requisitos:

- dentro do orçamento (de um cartão presente); custou €44.99;

- peça clássica (não há nada mais clássico que uma gabardine bege com trespasse);

- de qualidade (levei a minha mãe comigo, claro!).

 

[Que tal Isabel?]

 

COMPRAR VESTUÁRIO USADO QUE É NOVO PARA MIM

 

E ontem a minha fantástica compra: um par de calças bege em 50% algodão 50% linho, "fabricado in Portugal" por €1.50. Sim, leram bem... €1.50 numa loja social (bem procurei gabardines). 

 

Deste género:

 

 

Desde que comprei os primeiros jeans por €1.00 fiquei convencida: comprar roupa usada pode ser uma forma excelente de poupar dinheiro. Em especial em peças para crianças tenho conseguido encontrar verdadeiras pechinchas. 

 

Já comprei calças de ganga para criança por €0.50 e vestidinhos (tipo jardineira) em ganga por €1.00. E juro que tudo que trago para casa está em perfeito estado de conservação (sou pecuínhas). São igualmente fortes em mobiliário diverso. Vejam a secretária na página das lojas Despertar? Não é linda?

Se querem marcas, também as irão encontrar. O stock das lojas resulta de doações diversas (nomeadamente das minhas{#emotions_dlg.blink}) e poderão encontrar itens que ainda têm as etiquetas. 

 

Lojas solidárias em que costumo fazer compras:

 

Despertar

Remar

 

Loja que me recomendaram:

 

Emaús

 

Alguns conselhos:

 

- vão com tempo para explorar;

 

- ignorem o "ambiente" de desorganização: preços raramente assinalados, cestos com "tudo o monte", dificuldade em identificar tamanhos;

 

- perguntem antecipadamente os preços (em regra são por zonas: corredor de €1.00, peças de criança a €0.50; peças de marca a €2.00,...);

 

- verifiquem bem se a peça tem nódoas ou defeitos irreparáveis, se os fechos funcionam, etc.;

 

- provavelmente não terão onde experimentar a peça e em coisas como calças em que aparecem etiquetas com tamanhos não europeus (tipo 40, 42...) convém levar levar a largura de uma peça que vos assente bem.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.