Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais - semana 29/2014

Descontos, 21.07.14

A marmita está pronta para começar a semana. Estou a trabalhar a tempo parcial e apenas preciso de marmita 3 vezes por semana, mas parece que está a ser mais difícil manter a rotina porque não faço jantar e não tenho sobras. 

 

Restauração

 

Num almoço e pingos gastei € 9.65. Esta despesa é a que mais me custa contabilizar porque seria perfeitamente dispensável. É puro desperdício e algo que quero corrigir.

 

Vestuário

 

Apesar de ter cartões presentes a verdade é que foi num local onde não os podia utilizar que encontrei umas sapatilhas que são suficiente discretas para utilizar no trabalho. Só custaram €7.99 e valeram bem o investimento.

É um dos meus objectivos substituir o calçado mais formal por calçado confortável. O meu local de trabalho permite-me isso e estou determinada a aproveitar o conforto. 

 

Presentes

 

Já comecei a comprar para o Natal. Aproveitei os saldos e consegui comprar 4 presentes por € 7.50 (3 para o Natal e um para um aniversário que se avizinha). Em dois aniversários que terei esta semana, €2.50 será o meu único gasto porque estou a fazer presentes caseiros. É verdade que já tive de gastar €1.00 para materiais, mas vale bem o investimento. 

 

Miúdas

 

Continuo a fazer verdadeiros achados na Remar. Esta semana fui fazer uma doação e naturalmente espreitei o que havia. Consegui comprar um blusão de ganga, umas calças e uma saia por €1.50. Tudo ainda com a etiqueta. Nem queria acreditar.

Já estou a trazer peças para um tamanho acima para servir já para o próximo ano escolar.

 

Casa

 

Tive de comprar um cabo, inevitável. Mas descobrir que nesse fds havia promoção na Rádio Popular foi um bocadito chato. ;)

 

Maluquices

 

Primeiro,  €4.55 em materiais para o escritório (mais mimos que necessidades) e manualidades. Também comprei um presente para mim: um voucher de €20.00 por €10.00 para ver filmes no Meo Videoclube (posso ver no computador). 

 

Poupança

 

Realmente a estratégia de transferências automáticas no início do mês para poupança resulta muito bem. Nem penso nesse dinheiro, sai da conta corrente e é como não existisse como possibilidade. 

 

 

 

 

Ainda ando às turras com o sistema de envelopes. Preciso mesmo terminar um projecto que julgo que irá dar-me uma ajuda. Mas estou a sentir a falta de fazer/ver o registo mensal (que suspendi).

 

Também sinto que não estou, verdadeiramente, a fazer sacrifícios ou a cortar porque não estou a fazer um orçamento zero. Ou seja, quando excedo o orçamento, faço o mea culpa mas vou buscar mais dinheiro. Mas a verdade é que não estou verdadeiramente e restringir-me de nada, apesar de ter um orçamento abaixo dos meus rendimentos mensais. 

 

As minhas poupanças estão (pelo menos virtualmente) quase todas em fundo de emergência ou poupança para a casa. A verba mensal para a reforma está tão pequena (apesar de estar a transferir todos os meses cerca de €60.00) que me causa alguma ansiedade. Essa ansiedade está a traduzir-se numa maior necessidade de eliminar "gorduras" do meu orçamento. É uma ansiedade que volta e meia se intensifica (não sei bem porquê) e atinge o seu máximo no medo de não conseguir poupar o suficiente para sobreviver de forma digna na minha velhice.

 

Estou há 5 minutos a olhar para o parágrafo anterior e a tentar terminar de forma positiva. Mas a verdade é que nem sempre estamos com vontade de ver "cor de rosa" e "tudo vai acabar bem" e a "vida é bela". Há fome nas escolas, há idosos que vivem muito abaixo do limiar da pobreza e quando passo a semana a ler como a banca se alimenta dos pobres em financiamentos de milhares de milhões sinto-me muito revoltada.

6 comentários

Comentar post