Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais - semana 3/2015

Descontos, 17.01.15

Os últimos dias da semana são de gasto zero pelo que posso adiantar a publicação. 

 

Marmitas

Nos três dias em comi no trabalho, um deles foi de almoço comprado - um lanche, um bongo e um jesuíta. Fantástico almoço por €3.05, um valor nutricional que nem vale a pena comentar . É o custo da preguiça porque tive bastante tempo no dia anterior para preparar qualquer coisa.

Ainda assim, o saldo da semana volta a ser positivo: €5.65 de €10.00. Vou usar todas essas poupanças para um jantar de aniversário....ena!!!!!

 

Supermercado

Esta semana só comprei uma revista do PD por causa do blog. Mas com apenas 2 pacotes de leite em casa, está visto que tenho de fazer compras na próxima semana. Juro que não adiei... foi mesmo preguiça de ir ao supermercado. 

 

O meu orçamento mensal de €70.00 tem agora um saldo de €21.36. Porém, daqui descontei todas as despesas de aniversário, que seriam excepção. Ainda assim estou determinada a cumprir o orçamento. 

Fui consultar a minha conta e vejo que recebi um reembolso de €1.69 ;)

 

De vez em quando olho para os folhetos e penso em fazer um mini stock disto ou daquilo. Todavia, as promoções têm sido tão fraquinhas que não vale a pena o investimento - daqui a dois meses tenho o mesmo produto ao mesmo preço (menos tempo se mudar de loja). Mas claro, isso deve-se ao facto de o meu consumo, neste momento, ser muito diminuto - não estou a fazer as refeições em casa. 

 

Maluquices

Quando criei esta rubrica (€10/mês) tinha como objectivo poupar sem estar constantemente a sentir-me privada. Era a recompensa a que me permitia por controlar os restantes gastos.

Ontem, fiz uma compra de puro impulso - em 2 minutos entrei, escolhi, comprei e paguei. Não deveria sentir-me culpada por gastar €1.50 num conjunto de post it. Mas a verdade é que tenho uma caixa em casa e nada justificaria a compra. Comprei por comprar. É a consumidora compulsiva a mostrar a cabeça e a lembrar-me que preciso mesmo de ter um sistema implementado. 

Saldo actual: €4.95

 

Estou a gostar deste período de gastar o que tenho. É inegável que a poupança imediata é evidente e a motivação para poupar mais também. 

Estou a tentar implementar essa intencionalidade noutras áreas, como por exemplo os meus passatempos em que compro muito mais do que utilizo (ou comprava). 

Um exemplo disso é a utilização de feltro num mega projecto que se irá traduzir em 3 presentes de natal. Apesar da sua grandeza, a generalidade das peças individuais gasta bocados pequenos de feltro - restos de outros projectos que vão ficando sem utilidade (mas que eu costumo guardar). 

1.JPG

 http://www.imagineourlife.com

 

Em suma, já comecei a poupar em presentes de natal.  

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.