Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais - novo fundo de emergência

Descontos, 04.08.15

Como as minhas obras eram uma emergência, acabei por encaminhar toda a minha poupança disponível, inclusivé o meu fundo de emergência.

Assim, o meu objectivo mais imediato é refazer o meu fundo de emergência, encaminhando para lá todas as poupanças que fizer.

Neste momento, eu considero que o meu objectivo tem 3 níveis:

- fundo de emergência de nível 1: €500 (até ao final de 2015)

- fundo de emergência de nível 2: €1000 (até ao final de €2016)

- fundo de emergência de nível 3: €2500 (cerca de 3 meses de salário)

 

Com os níveis, fico focada: em vez de olhar para o elefante, vejo as dentadas que lhe tenho de dar.

Os pequenos passos são uma forma de conseguir uma motivação renovada: os primeiros €500 são cerca de 5 meses de poupança, ou seja, até ao final do ano. Serve para um imprevisto, um electrodoméstico que precise de ser substituído, uns óculos que se partem, etc...

 

Até ao nível 2, pretendo encaminhar toda a minha poupança para o fundo de emergência. Depois disso (€1000-€2500) planeio reforçar o fundo de emergência com uma transferência pontual e (provavelmente) encaminhar o remanescente para a poupança reforma. 

Mas, para já, vou concentrar-me em 2015.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.