Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Enviar livros: poupar dinheiro com tarifa editorial

Descontos, 04.04.14

Há vários anos que troco livros através dos CTT. Primeiro através do Bookcrossing, depois no WinkingBooks e ainda pelo Troca-se e desde sempre utilizei a tarifa especial dos CTT para o envio de livros e revistas: Correio Editorial.

 

Apesar de ser destinado a editores, os particulares podem utilizar esta tarifa especial para o envio de LIVROS (e apenas livros). E é muito mais económico. Na verdade, a poupança é significativa.

 

As regras:

- não podem incluir nada no envelope, a não ser livros (nem cartas, nem postais, nem uma notinha num post it);

- devem permitir a verificação postal (para confirmar que só tem livros);

- devem fechar o envelope frente à/ao funcionária/o dos CTT ou enviar numa embalagem que permita a sua abertura (pessoalmente, levo sempre fechado como poderão ver nas fotos, para não atrasar as filas).

 

 

Exemplo do custo de envio do último livro que recebi:

 

 

 

 

Sugestões para o acondicionamento e reutilização de envelopes almofadados:

 

  

 

Removo a parte de papel em que constam os dados dos utilizadores anteriores. Como poderão constatar, eu não sou a primeira a reutilizar o envelope.

 

  

 

Colo uma folha branca na frente do envelope, com fita cola. Pressiono bem a fita cola com o cabo da tesoura (é assim que se chama?) para que não se descole. 

 

 

 

Faço uma dobra no envelope (a aba original estava muito danificada) e furo dois buracos para amarrar o envelope, de modo a permitir a verificação postal.

 

 

 

 

Um outro exemplo: 

 

 

 

E aqui está outro em que o envelope era tão pequeno que não permitia criar uma dobra. Assim, fiz 4 furos o que permitiu passar um fio que o fechasse melhor:

 

 

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Descontos 05.10.2015

    Só se for a embrulhar, como se fosse o envelope, mas tem de ser amarrado e não colado, já que a embalagem tem de poder ser aberta para verificação postal.
    Já o plástico bolha dentro do envelope a reforçar a protecção do livro, desconheço se é possível ou não. O melhor é questionar o posto dos CTT ou a linha telefónica: https://www.ctt.pt/home/form-contacto.html?com.dotmarketing.htmlpage.language=3
  • Imagem de perfil

    Carolina 05.10.2015

    A minha intenção era embrulhar com plástico bolha e colocar dentro de um envelope! De qualquer das formas, já ajudou e muito. Obrigada!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.