Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Escrever à mão

glenn-carstens-peters-190592-unsplash.jpg

Photo by Glenn Carstens-Peters on Unsplash

 

Escrever à mão realça a forma como nos envolvemos com a informação, fortalecendo nosso pensamento associativo. 

The Bullet Journal Method - Ryder Carroll

 

Cada um utilizará o método que melhor funciona consigo. Eu, há muito descobri que escrever à mão é como melhor me organizo e é por isso que uso agenda de papel, um caderno reutilizável e muitos rascunhos. 

 

Hoje tive um excelente exemplo de como as minhas ideias se organizam melhor no papel. Passei uma boa parte da manhã a pensar que tinha de ir comprar um medicamento para mim (urgente) e ir ao banco depositar cheques.

Passei a hora de almoço irritada por não poder sair para isso, fazendo com que tivesse de passar no centro comercial - estacionar, subir pisos,... -, depois do trabalho, onde tinha a máquina de depósitos e uma farmácia. 

 

Comecei a colocar todas as minhas tarefas pendentes no papel e percebi que tinha uma terceira tarefa: levantar medicamentos da minha mãe (não urgente). E fez-se luz porque perto dessa farmácia também há uma máquina onde posso fazer depósitos.

 

Simples e óbvio, não é? Mas a verdade é que, só depois de ver todas as tarefas no papel, é que consegui agregá-las em grupos e planear deslocações alternativas e mais eficientes.

3 comentários

Comentar post