Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Matar o bicho da madeira

Descontos, 15.05.14

Quem tem madeira antiga arrisca-se a ter inquilinos indesejáveis vulgarmente conhecidos por bicho da madeira. Na verdade os bichos são diversos mas vai dar ao mesmo... mudam-se de malas e bagagens para a nossa casa e comem a mobília. 

 

Se a coisa é extensa, o melhor é eliminar a peça do interior da casa. Aplicar cuprinol dificilmente irá resolver o problema - teria de conseguir aplicar toda a profundidade da madeira. 

 

Mas se é só um furinho que apareceu, deram-me uma dica: colocar em cima desse furo um algodão embebido em cuprinol, "abafando" o bicho já que a aplicação do cuprinol em líquido (pelo buraco/túnel) poderá não ser suficiente.

 

Vou experimentar porque já vi dois montinhos de pó no soalho da sala.

 

Entretanto, o que eu costumo usar é a latinha com aplicador que vêm na foto. Pergunta idiota: xylophene é o produto ou a marca? Se é a marca, qual o produto/material?

 

 

 

 

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 18.05.2014

    Olá S.,
    O exemplo que dei foi o que se passou comigo e, que eu vi e resultou. Mas em ambos, as madeiras estavam em crú.
    No primeiro caso era um cabide antigo em madeira de pinho (em cru) escurecida com o tempo, quando me veio parar ás mãos devia ter cerca de 50 ou 60 anos.
    Também tive receio que ficasse tudo gorduroso, mas não foi o caso, a madeira de tão ressequida que estava absorveu tudo.
    No segundo caso o roupeiro era em pinho e teria cerca de 10 anos, aí foi mais fácil porque o buraco na porta era grande (do tamanho da unha do dedo mindinho +/-) e só deitava mesmo no orificio e não ao redor.
    Mas pode sempre tentar fazer uma experiência num local que esteja atacado e pouco visivel...
    Indo a uma loja de tintas é lógico que vão indicar produtos da marca que vendem na loja, se for a uma drogaria já talvez pode saber outras dicas ditas caseiras...
    Mas depende sempre da peça e do estado do ataque.
    Como é óbvio, não posso afirmar que seja o ideal ou que resulte com todos os casos, no entanto, comigo resultou!
    Boa sorte.
    Teresa C.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.