Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Medicamentos esgotados: o que fazer

17.04.20

freestocks-nss2eRzQwgw-unsplash.jpg

Foto: freestocks / Unsplash

Há muito tempo que tenho uma lista de farmácias com os respectivos números de telefone para poder  fazer a "rondinha" em busca de um medicamento que subitamente está esgotado.

E isto é o normal em pré-pandemia.

 

Por isso, quando uma amiga partilhou comigo que não conseguia um medicamento da mãe, saquei do telefone.

 

Quando as farmácias locais dizem que um medicamento está esgotado, isso não quer dizer que não haja algures, uma caixa esquecidinha.

Mais, há medicamentos que podem facilmente ser substituídos por genéricos ou similares.

Mais, recomendo que falhas de fornecimento sejam sempre relatadas ao Infarmed. Já cheguei a conseguir medicamentos porque liguei directamente ao laboratório que o fabrica, denunciando falhas na distribuição.

 

Há dois números gratuitos que sugiro que utilizem, perante um medicamento esgotado:

 

800 222 444 - Linha do Medicamento (Infarmed)

Por estes dias, está a funcionar muito mal. Na verdade, só me deram a informação que estava esgotado (pelo menos foi a única coisa que consegui ouvir porque a ligação era péssima).

 

1400 - SAFE (Serviço de Assistência Farmacêutico)

Excelente experiência. Conseguiram dar-me uma lista de farmácias com stock provável (pode estar desactualizado). Liguei a todas e consegui uma única, mas preciosa caixa.

 

Na esperança que não venham a precisar desta informação.

Um abração