Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Mudar hábitos e descobrir a fonte do problema

15.09.15

Ainda a propósito dos meus (maus) gastos em restauração, eu e Júlia começamos a puxar uma por outra, no que respeita a marmitas. 

 

Ás tantas, dizia-lhe que as minhas idas era muito mais relacionadas com os pingos+doce que, propriamente o almoço. E aí fez-se luz... era esse o motivo primordial - eu vou ao café para comer doces. Não é para pausas, não é porque tenha fome, ou porque não tenha o que comer (no escritório) quando tenho fome. Eu vou para comer algo doce.

 

E foi com isso em mente, que ontem coloquei na marmita 2 iogurtes (de loja) e pão com compota de maçã. Mais, antes de sair de casa comi um iogurte. Acabei por, durante o dia de trabalho, apenas comer um iogurte e um biscoito doce que me ofereceram. 

 

Dinheiro gasto em restauração: €0.00

 

Para mudar hábitos, eu funciono muito melhor com a substituição e remoção gradual. Assim, o objetivo inicial é substituir o doce do café por um doce caseiro (mais saudável porque eu escolho os ingredientes) e depois ir eliminando de todo. 

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Júlia 20.09.2015

    Nenhuma das minhas marmitas é de microondas porque não tenho sequer onde o colocar mesmo que quisesse. Há opções e são bem saudáveis. No início tudo tem ar de salada porque é mais fácil começar por aí mas depois dá para fazer coisas diferentes...sim só que será tudo frio ou no máximo morno...sopinha quente só com termos bom.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.