Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

O meu dia das mulheres

Descontos, 08.03.16

Não é feito de ofertas de itens tradicionalmente associados a estereótipos de mulheres, e com os quais não me identifico. 

 

O meu "dia das mulheres" (o plural é intencional) é feito a tentar mudar as vidas de mulheres que têm menos que eu. Menos igualdade, menos recursos, menos... 

 

E qual não é a minha surpresa quando percebo que há empresas a duplicar alguns empréstimos feitos hoje no Kiva. Ou seja, impacto a dobrar. 

k1.PNGk2.PNG

 

Tinha já mais de 22 dólares de reembolsos pelo decidi completar o valor para os 25 que permitem fazer um empréstimo e fiz mais outro. Total saído de bolso: 25 euros.

Os empréstimos que faço são diversificados: um empréstimo para fazer um tratamento dentário e outro para construir uma casa de banho; dois países distintos. 

 

O meu portfolio não é nada mau:

k3.PNG

 

 

7 comentários

  • Imagem de perfil

    Descontos 08.03.2016

    Há uma opção para fazer donativos, mas é facultativa. Não temos qualquer custo, mas é preciso esclarecer que não é sem riscos. Por exemplo, já me aconteceu fazer dois empréstimos num país que entrou em guerra civil e fiquei sem parte desse valor. Não porque as pessoas tivessem deixado de pagar, simplesmente porque as instituições locais que suportavam os créditos deixaram de poder funcionar.
    Por isso é que tento nunca fazer empréstimos na mesma instituição ou país. Mas isso foi uma vez (x2 porque fiz à mm instituição) num universo de 48 empréstimos.
    Dica: eu corro muito menos riscos de "delinquência" porque só empresto a mulheres ;) Estatisticamente são melhores pagadoras.
  • Sem imagem de perfil

    Patrícia 08.03.2016

    A parte do risco associado eu tinha ficado com a noção. Fiquei foi na dúvida em relação à Kiva. Parecendo que não ainda têm muito trabalho associado e pensei que cobrassem alguma coisa, ou uma percentagem do empréstimo, etc.

    Obrigada mais uma vez pela partilha, não conhecia e achei uma forma fantástica de, mesmo com pouco, podermos contribuir para um mundo melhor. :)
  • Imagem de perfil

    Descontos 08.03.2016

    Aliás, bem vistas as coisas, pode ser uma forma de investimento. Agora não, que o euro está baixo em relação ao dólar. Mas imagine a longo prazo, jogando com o valor das moedas ;)
  • Sem imagem de perfil

    Patrícia 08.03.2016

    "Banqueira" é um termo engraçado, mas visa o lucro. Mesmo jogando com os câmbios, o que me inspira é saber que um valor que, para um português ainda é dinheiro mas nenhuma fortuna, pode fazer tanta diferença noutro local do mundo.

    Bons investimentos ;)
  • Imagem de perfil

    Descontos 08.03.2016

    ;)
    Eu penso sempre nos empréstimos como um investimento. Pode não ser um investimento tradicional mas é pensado para o lucro, embora de outra natureza.

    Por exemplo, eu faço as minhas escolhas com base em resultados de estudos (não me obrigue a procurá-los, pf):
    - mulheres pagam melhor
    - dividir por diferentes países diminui o risco de crédito mal parado
    - o investimento em países em que as camadas mais pobres não têm acesso à banca tradicional fará com com que este seja mais impactante
    - o investimento em mulheres é mais potenciador de um efeito multiplicador para o resto da família que se for nos homens - mulheres tendem mais a fazer reflectir os resultados desses empréstimos na família, nomeadamente nos filhos

    E tento sempre diversificar o meu portfolio - saúde, educação, habitação e energias renováveis (pesquisar por water well traz os resultados mais interessantes).

    Eu quero o meu lucro. Pode não ser em moeda tradicional, mas espero lucros!!
  • Sem imagem de perfil

    Patrícia 08.03.2016

    A isso chamo de benefício e não lucro... Economicamente falando chamaria-lhe a utilidade :) independentemente do nome, o importante é sentirmo-nos recompensados, seja monetariamente ou não :)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.