Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Pagar para fazer o meu trabalho

Descontos, 27.05.19

Há mais de uma dezena de anos que não pagava para me limparem a casa. A última vez foi quando acumulei um horário maluco de trabalho durante o dia e aulas à noite e ao sábado de manhã.

 

Não consigo fazê-lo (mesmo agora) sem uma dose significativa de culpa, por não conseguir fazê-lo e assim poupar esse dinheiro.

Mas este mês, que tem sido de loucos, em que estive várias semanas a entrar em casa apenas para dormir (fins de semana incluídos) percebi que precisava de ajuda.

 

E foi assim que paguei €30 para me limparem a casa de cima a baixo (gorjeta incluída).

 

Uma semana mais tarde, paguei mais €20, em serviços de limpeza, para ajudar quem me ajudou. Neste último caso, o sentimento foi de dever cumprido.

 

Pagar a outros para fazer o nosso trabalho, implica uma séria ponderação.

Estamos a "comprar tempo" ou a gastar dinheiro que nos poderia poupar muito trabalho a longo prazo?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.