Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Pai Rico / Pai Pobre - Robert T. Kiyosaki

28.09.20

Capturar (3).JPG

No início deste ano, li o Pai Rico / Pai Pobre de Robert T. Kiyosaki, considerado como uma das "bíblias" das finanças pessoais.

 

Ao contrário do que parece ser a generalidade das opiniões, eu não gostei do livro, nem o achei particularmente útil.

Aliás, isso parece explicar porque nem me lembrei de partilhar as minhas notas de leitura, que encontrei ao prepara-me para uma nova agenda.

 

Pai Rico / Pai Pobre faz parte daqueles livros de finanças pessoais cuja fórmula é "a culpa é tua" e que não apontam estratégias práticas, limitando-se a serem predadores de insatisfação e desespero, que são tão perniciosos como inúteis.

 

Não ensinam nada, não ajudam, limitam-se a dizer "eu sou o máximo e tu só és pobre porque queres". A forma como se refere ao trabalho dependente, é particularmente desrespeitosa e irritante.

Mais, o livro é incrivelmente repetitivo.

 

Mas nem tudo é mau. Destaco os seguintes pontos positivos:

- enfoque na importância da literacia financeira, desde tenra idade e nas escolas;

- que a habitação não deve ser sempre considerada um investimento, mas um passivo já que se passa a vida a pagá-la;

- explica bem o conceito de independência financeira (mas sem dar pistas sobre como chegar lá);

- enfoque no facto que a compra de artigos de luxo não é um ativo e, por conseguinte, não aumenta a riqueza; pelo contrário, irá diminuí-la.

 

Uma curiosidade:

O autor refere que o negócio da McDonald´s não são os hamburgueres, mas os imóveis. "Actualmente, a  McDonald´s é proprietária de alguns dos cruzamentos e esquinas mais valiosos, não só dos EUA, como noutras partes do mundo."

 

 

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.