Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Poupar é um hábito que se adquire

13.10.14

Este fim de semana tive a consciência de que a poupança também é um hábito que se adquire, trabalha, aperfeiçoa de modo a se embrenhar no nosso dia a dia (mais ou menos inconsciente, com maior ou menor esforço). 

 

Decidi planear um jantar lá em casa, com a pequena e uma amiga. O menu era algo muito pedido: pizza caseira que foi acompanhada por sopa (esqueci-me completamente de que deveria ter também uma salada). 

 

Só tive de comprar fiambre para a pizza, tudo o resto já estava em casa: cogumelos em lata, tomate, queijo ralado, atum. Os ingredientes da sopa saíram todos da horta - a sopa é do que houver. A sobremesa: uvas, uma lata de ananás (usado na pizza) e pêssego. Em suma: a sobremesa foram ovos estrelados. A pequenada não percebeu a piada - para espanto e gozo das adultas - e uma delas chegou mesmo a pedir que o ovo dela fosse cozido porque não gostava de ovos estrelados. 

 

O panelão de sopa já foi distribuído em doses individuais para as marmitas. Sobrou uma rodela de ananás, meia lata de cogumelos laminados e arroz integral cozido (do almoço de domingo) - igualmente congelado em duas doses. Potencial para uma refeição "criativa". 

 

Em suma, uma refeição económica é aproveitar tudo que se tem e não desperdiçar o que sobra. Quando olho para trás e recordo o meu desperdicio...

5 comentários

Comentar post