Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Marmita style e muitos brócolos

Descontos, 09.02.14

Como havia referido, hoje teria de preparar os brócolos que comprei para congelação. Eu adoro brócolos e cozinho-os de duas formas: salteados num pouco de azeite e cozidos. 

 

Os meus brócolos para congelação são separados em três partes:

- talos para sopa

- ramalhetes pequenos para estufar (se não forem suficientemente pequenos, corto-os ao meio a dou um golpe no talo)

- ramalhetes grandes para cozer

 

Os talos para sopa são cortados em pedaços (serão cozidos com a batata), meramente lavados. 

Os ramalhetes são passados por água a ferver, antes de congelar.


 

A minha marmita foi feita para aproveitar o facto de estar com os brócolos à mão. Afinal de contas, amanhã é dia sem carne. É uma solução bastante rápida até para uma preparação de emergência. É perfeitamente exequível enquanto tomamos o pequeno almoço e nos vestimos.

 

Ligo a chaleira eléctrica.

Deito a água a ferver sobre os brócolos e deixo-os durante cerca de 10 minutos (ao meu gosto).

Coloco os brócolos numa frigideira antiaderente com um fio de azeite.

Bato dois ovos.

Quando os brócolos estiverem estufados - para o meu palato, são 5 minutos - retire-os para um recipiente. Verta na frigideira os ovos batidos e faça uma omolete ou ovos mexidos. 

Pronto!

 

Tempere a gosto (eu gosto de estufar os brócolos com uma cabeça de alho picado) ou adite outros ingredientes.

Fora da foto ficou a taça de alface.