Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Dia mundial de lavar as mãos - época das gripes

Descontos, 15.10.19

Texto originalmente publicado em 05.01.18, com alterações

hush-naidoo-382152

Como apanhamos gripe?

A forma de contágio da gripe sazonal é semelhante à Gripe A: se os nossos olhos, boca ou nariz ficam expostos a gotículas respiratórias de doentes infetados com gripe, podemos contrair a doença. Mas isso só acontece se estivermos a menos de um metro de um doente que expele as gotículas e, nesse caso, é preciso mais de uma hora de exposição para a infeção se tornar efetiva. Já o mesmo não acontece, se o doente espirra ou tosse diretamente para cima de nós. Uma forma indireta de contágio surge quando tocamos em superfícies ou objetos onde há gotículas infetadas e depois as levarmos à boca, ao nariz ou aos olhos. Não há transmissão através da água ou dos alimentos.

 


 

Evitar os serviços de urgência (estão cheios de doenças)

 

A arma nº 1 é água + sabão: lavar as mãos com frequência, quando estamos fora de casa e podemos tocar em objectos (por exemplo puxadores de porta) infectados.  E claro, evitar pessoas infectadas.

 

Depois temos a linha www.saude24.pt, para aconselhamento telefónico, que encaminhará para o serviço de saúde mais adequado.

 

Vacinas

 

Se ainda não tomaram a vacina da gripe, recomendo.

Desde que comecei a tomá-la, por causa da minha mãe, estou uma convertida. Acabaram as gripes "de caixão à cova".

Não poderia ser mais fácil: mando um email para o posto médico a pedir a emissão da receita e peço para enviar para o telemóvel. Depois só preciso de ir à farmácia, que tem enfermeira e que a aplica gratuitamente.

Não esquecer que a emissão da receita pode ter custos (consulta não presencial). Em regra, eu pago essas emissões quando vou lá para uma consulta.

 
Recordo que a vacina é gratuita para maiores de 65 anos.

 

 

Medicamentos em casa

 

O que aprendi é que cada gripe/constipação é diferente. Uma ataca mais o nariz, outra a garganta. O importante é utilizar o medicamento com o princípio activo mais indicado para esse problema, em vez dos anti-gripais cuja composição pode ficar aquem das necessidades e que podem ter ingredientes "estimulantes" (por exemplo cafeína) que apenas mascaram os sintomas. 

 

Assim, o que fiz foi questionar o meu médico quando aos medicamentos que deveria ter em casa para um SOS constipação/gripe: paracetamol, anti-histamínico de 2ª geração (não provoca sonolência) e spray nasal (água de mar).

 

 

Há um texto muito divertido sobre a gripe e o sabão azul e branco.

Já tem 10 anos, mas ainda não perdeu a graça e a actualidade.

Dia Mundial do Sorriso

Descontos, 04.10.19

zach-vessels-5uhOqA194JQ-unsplash.jpg

s.PNG

Existe suporte científico para a ideia que sorrir (e naturalmente que o rir) mesmo que forçadamente, tem efeitos positivos na nossa mente.

 

Onde fiquei a saber isso? Num livro de um economista, que por sinal é prémio Nobel da Economia. Estranho? Pensar: Depressa e Devagar, de Daniel Kahneman* é um trabalho fantástico sobre a psicologia e o nosso processo de tomada de decisões. 

 

Nos diversos capítulos, vai resumindo os estudos que foram sendo feitos e que consubstanciam algumas das conclusões actuais sobre como o nosso cérebro funciona. 

 

Num dos estudos, foi pedido ao grupo de pessoas que colocassem um lápis na boca, de forma a activar os mesmos músculos que utilizamos para sorrir, sem desse facto avisar as pessoas. A um outro grupo, tal não foi pedido. Perante os mesmos desenhos humorísticos, o grupo que tinha o lápis na boca classificou-os como mais engraçados, que o grupo que não tinha o lápis na boca. 

 

Ou seja, o nosso cérebro não se limita a fazer-nos sorrir quando vê algo engraçado; ao activarmos os músculos "do sorriso", o cérebro dá-nos o bem-estar associado ao prazer. 

 

Por isso, em caso de dúvida, o melhor é sorrir.

Leitura grátis, de um livro da biblioteca municipal.