Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Um medo que não ultrapassei

Descontos, 10.04.13

Hoje tudo confluiu para este post: a história de uma amiga na semana anterior, o agravamento da instabilidade económica, um comentário, uma mensagem privada e o "inspira-me" do Sapo Blogs. Eu não consigo sacudir o meu medo de me ver sozinha numa situação de insuficiência económica. 

 

Vamos por partes. Primeiro, viver sozinha é uma opção pessoal, logo é algo que continuará até ao fim dos meus dias. Mais, a partilha de tal receio com familiares é imediatamente contraposto com um nem penses nisso, isso jamais aconteceria. Ainda, tenho a consciência de que ver-se sozinha numa situação de insuficiência económica não é nada, se comparado com um viver com filhos para criar, numa situação de insuficiência económica. Mas este post é sobre os meus medos e eu não tenho filhos para criar.


O facto de ter uma retaguarda familiar não significa que a deseje. Ainda que a tenha, o meu medo é que precise dela


Por isso, num certo momento da minha vida, que não posso precisar, mas que anda de mãos dadas com este blog e outros, decidi arregaçar as mangas e fazer tudo o que puder para melhorar as minhas probabilidades. Faço tudo o que posso? Não. Por vezes a preguiça impera ou tento outros caminhos. Mas vou fazendo o que posso. 


E é assim que a aproximar-se vertiginosamente dos 40, uma gaja decide começar a poupar em versão hard-core. E hoje, porque as estrelas se alinharam para me dar uma paulada na cabeça, decidi ser mais honesta e mais aberta e mais verbal com o que faço e como faço. 

 

Sou um exemplo? Não, se fosse não precisava de desenvolver esforços para melhorar as minhas finanças pessoais. Mas talvez algum dos meus exemplos seja útil. 

Um blog que recomendo

Descontos, 09.02.13

Se tivesse de indicar uma faísca primordial do descontos.blogs.sapo.pt, essa seria o blog moneysavingmom.com. Encontrei-o numa das mais difíceis fases da minha vida pessoal enquanto procurava fontes alternativas de rendimento que me permitissem trabalhar a partir de casa para cuidar de uma familiar.

 

Procurei na internet (e encontrei) a inspiração para pagar toda a dívida (que mesmo que pequena seria sempre um encargo numa situação de desemprego), criar uma situação de paz financeira (com um fundo de emergência) e fazer algo que me motiva diariamente.

 

E tudo começou no moneysavingmom.com