Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Como se pode trocar um travessão de cabelo por uma casa

20.12.21

trademeproject

Capturar (159).JPG

A notícia é deliciosa. Uma jovem, inspirada por outras histórias de sucesso, decidiu fazer trocas até conseguir uma casa.

Começou com um travessão de cabelo que trocou por uns brincos, que trocou por uns copos de martini e, em dois anos, de troca em troca, conseguiu chegar a uma casa.

 

É irrelevante se algumas das trocas foram "caridosas" ou golpes de marketing. ELA conseguiu uma casa, sem dívidas e, se veio com a ajuda de uma comunidade, ainda melhor.

 

1 (29).JPG 2 (17).JPG 3 (5).JPG 4 (5).JPG 

...

Capturar (160).JPG

Que sejam muito felizes.

GameStop

31.01.21

Este artigo sobre a manipulação do mercado accionista é tão fascinante quanto assustador.

A explicação, em português, pode ser lida aqui.

 

Mas trouxe-me as melhores notícias que li, este ano:

"He's my legacy," she said. "I have to make sure that he's prepared for the future." [CNN]

Some GameStop Investors Got In With One Goal—to Pay Off Debt [WSJ]

As moedas na pandemia

29.07.20

Há alguns dias que vou lendo sobre uma repercussão curiosa da pandemia: há falta de moeda a circular.

 

Em relação ao espaço europeu, não ouvi nada de especial, mas nos EUA há uma verdadeira "escassez nacional de moeda".

 

Faz sentido, pois o consumo baixou e as pessoas têm priveligiado formas alternativas de pagamento, fazendo com que a circulação diminua.

 

E é assim que já há quem sugira que a miudagem poderá ajudar, contribuindo com as moedas dos seus mealheiros.

E se pensam que é uma piada engraçada, fiquem a saber que já há bancos a compensar os clientes que troquem moedas por notas.

 

Broken Piggy Bank Free Stock Photo - Public Domain Pictures

Pobre porquinho!

E já imagino as crianças mais pequenas a chorar porque lhes trocaram MONTES de moedas por uma única notinha. : )

Notícia que merecem destaque

22.04.20

1.

IRS. Reembolsos vão começar a ser pagos esta semana [Executive Digest]

 

2.

Combustíveis podem descer até cinco cêntimos [Executive Digest]

ou

Álvaro Santos Pereira: “Esperemos que os preços baixam significativamente. Ou será que os preços dos combustíveis em Portugal só mexem quando o petróleo está a subir?” [Jornal Económico]

 

3.

Máscaras COVID-19 já têm certificação, CITEVE já lançou selo [pplware]

Mais informações aqui

É importante diminuir a actividade: internet

25.03.20

A julgar pelas notícias e até pela legislação que foi aprovada, a sobrecarga da internet é uma realidade que estará a necessitar de medidas drásticas.

 

Passam a ser considerados como serviços prioritários:

- “acesso ininterrupto aos serviços de emergência”;

- comunicações “de voz e de mensagens curtas (SMS) suportados em redes fixas e móveis”;

- a “distribuição de sinais de televisão linear e televisão digital terrestre”.

 

Para assegurar esses serviços, as empresas poderão gerir as redes de tráfego e até desligar serviços, o que em última análise poderá levar a que serviços como filmes, jogos e afins passem a ter tráfego limitado ou até possam ser suspensos.

 

Por isso, devemos fazer um esforço para diminuir o nosso consumo desse tipo de serviços.

E aqui, acredito que os pequenos gestos de muitos, podem fazer a diferença.

Por exemplo, ouvindo música no rádio, em vez de plataformas digitais como o YouTube ou Spotify. Ver os DVD que estão por casa, em vez do Netflix. Diminuindo a resolução no YouTube, se vamos usá-lo. Se têm um pacote de chamadas de voz, preferir um telefonema, a uma chamada via WhatsApp.

Melhor que reduzir, é descobrir que nem podemos trabalhar com o computador.

 

E por falar nisso, há quanto tempo não fazem uma cópia de segurança dos vossos documentos? E está tudo na Cloud?

Mais vale prevenir que remediar.

 

Em modo procrastinação

21.06.19

1.

Petróleo dispara 5% com agravar da tensão entre EUA e Irão[

Preparem-se para subidas no preço dos combustíveis.

 

2.

Biblioteca 'online' tem mais de 3.000 livros gratuitos em português europeu [Sapo 24]

 

3.

Apple recolhe alguns MacBook Pro Retina por perigo de incêndio da bateria [Pplware]

 

4.

A Organização Mundial de Saúde recomenda que quem planeie viajar pela Europa (especialmente em países com surtos), se certifique que as vacinas contra o sarampo estão em dia.

Consultem a pagina da Direcção Geral da Saúde, sobre o sarampo para informações adicionais. Se tiverem dúvidas, podem telefonar para o SNS24: 808 24 24 24.

 

5.

Donos terão de colocar chips nos gatos até 2021. Quem não o fizer arrisca multa superior a 3.700 euros

 

Procrastinação activa: as minhas leituras preferidas para hoje

14.06.19

Parece ficção, mas não é... (Nada a ver com Livros!) 

Imaginem um casal. Juntos há anos, as coisas parecem dirigir-se para um fim inevitável. O que, já de si, custa. Muito! Para mais quando, como é o caso, existem filhos. Para saber com o que podem contar, ambos vão ao Banco, pedir uma simulação de empréstimo, para saber o que fazer. A mulher pede uma simulação para 50.000€ e esta é-lhe negada. Porquê?

 

Este texto trás à luz um tema importante. Estatisticamente, a mulheres têm um maior risco de pobreza, estando sempre à frente nos piores indicadores, constituindo um dos grupos mais vulneráveis.

O acesso ao crédito (ou a falta dele), é apenas uma das faces da vulnerabilidade económica das mulheres, na nossa sociedade.

 

 

“A Alimentação Saudável tem de cumprir três requisitos: Ser variada, equilibrada e completa” - Nutricionista Margarida Vieira

Um texto fantástico para ler aqui

 

 

Notícias importantes para o nosso dia-a-dia:

Parlamento vota hoje projeto para acabar taxas moderadoras (e parece que será aprovado)

Banco de Portugal vê economia a abrandar mais em 2020. Alerta para regresso do défice na balança comercial (vão estar livre de dívidas nessa altura, certo?)

Banco de Portugal diz que são precisos mais imigrantes, isto porque A crise demográfica já está a limitar a economia 

 

A magnífica capa da Time:

Capturar.JPG