Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

O que fez hoje para cortar nas despesas mensais?

A questão no título, chegou-me através de uma comunidade sobre finanças pessoais. O que fiz hoje:

 

1. Saúde

Marquei uma consulta médica que ando a adiar há d-e-m-a-s-i-a-d-o tempo

Curiosamente, é uma excelente acção, já a comunidade Reddit sobre finanças pessoais, escolheu como desafio para Maio: Reduzir as futuras despesas de saúde

 

2. Saúde

Enviei um email para o meu posto médico, para pedir a emissão de uma receita, depois de ter deixado expirar a anterior.

 

3. Contas sem surpresas

Dei a contagem da electricidade

Estranhamente, hoje a leitura que introduzia no teclado do telemóvel não coincidia com a confirmação verbal do sistema. Tentei 3 vezes, antes de desligar. Voltei a ligar e a dar nova contagem, já sem problemas. Nunca tal me tinha acontecido.

 

4. Na cozinha

Usei o último iogurte comprado para fazer 6 iogurtes caseiros e fiz pão na máquina.

 

5. Usei a biblioteca municipal

O excesso de livros em casa, é a melhor forma de combater qualquer sentimento de privação, que me leve a compras impulsivas. 

Toda-a-Mafalda.jpg

Notícias de poupança: números 707 e cultura grátis

Estou a correr contra o tempo, por isso deixo apenas duas notícias que me parecem importantes: uma dica do Jornal Económico sobre como escapar aos números 707 e a divulgação do projecto de cultura grátis para jovens de 18 anos.

 

Sabia que pode escapar ao valor acrescentado dos números 707?

Esta notícia do Jornal Económico é muito interessante, já que nos avisa que, em regra, se existe um 707, existe o correspondente número 2 ou 9... Em suma, podemos evitar as linhas de valor acrescentado.

 

Jovens de 18 anos residentes em Portugal com acesso gratuito a Cultura

"Os jovens residentes em Portugal nascidos no ano 2000 vão ter acesso gratuito a vários espaços e iniciativas culturais até abril de 2019, no âmbito do projeto "És Cultura18"", um dos vencedores do Orçamento Participativo Portugal 2017.

A página do projecto é https://escultura.opp.gov.pt, onde podem consultar os equipamentos culturais com acesso gratuito, por área geográfica. 

Inclui teatro, cinema e festivais. Já colocar as bibliotecas municipais no leque de ofertas, parece-me um pouco "encher chouriços".

O que fazer com o reembolso de IRS

Gostamos de pensar que a vida é feita de acções e consequências. Mas na verdade, uma boa parte da nossa vida depende de sorte e azar.


Mas não podendo agir sobre estes, fazemos o possível por controlar aquilo que podemos: as nossas acções. 

 

Por isso e dependendo do valor, sugiro algumas utilizações para o próximo reembolso de IRS:

 

1. Fundo de emergência

O fundo de emergência servirá para o inesperado: uma avaria no carro, desemprego, gravidez inesperada, ou seja, todas as eventualidades da vida que, por vezes, nos apanham de surpresa. O objectivo é ter uma poupança a que possa recorrer, em alternativa ao crédito.

2. Pagar dívidas 

O objectivo principal deverá ser a eliminação de dívidas. Se tiver mais que uma, organize as dívidas e utilize o reembolso para pagar/abater a de menor valor. 

Se tiverem alguma dívida mais onerosa - por exemplo cartão de crédito, poderá compensar começar por essa.

 

3. Reforçar o fundo de emergência 
Depois de pagas as dívidas (excepto a casa), é tempo de reforçar o fundo de emergência de modo a que este corresponda a um valor entre 3 a 6 meses de despesas.
 

4. Pagar a próxima grande despesa anual

Uma boa forma de utilizar o reembolso é alocar esse valor a uma despesa grande, que sabem ter de fazer nos próximos meses. 

A paz de espírito por saberem que têm essa verba disponível, provavelmente será bem melhor que a jantarada ou as férias que tinham planeado.

 

dfp.JPG