Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Poupar na limpeza da casa - pano da louça

Descontos, 27.07.13

Foi por tropeçar numa publicação que descobri que anda muita gente a substituir os esfregões da louça por escovas + panos em crochet. E para mim, faz todo o sentido fazer a transição. 

 

Neste momento tenho 4 objectos distintos:

- pano de limpeza (exemplo)

- escova de loiça (exemplo)

- esfregão com esponja (exemplo)

 

Eu sempre considerei que, mesmo com limpezas dos mesmos, os panos de limpeza e esponjas são pouco higiénicos e que, se desejar utilizar produtos como lixívia, o tempo de vida destes fica muito encurtado. 

 

Para mim, o "crochet" faz sentido:

- porque os pontos oferecem uma abrasão suave;

- porque pode ser lavado na máquina com a restante roupa;

- porque até arrisco tentar lavá-lo na máquina da louça;

- porque um pano reutilizável é muito mais económico que uma esponja descartável;

- porque diminui a minha pegada ecológica.

 

Assim, parece-me que a solução esfregão abrasivo + pano em crochet + escova será a melhor para a minha cozinha. E branco, claro, caso seja necessário lavar com lixívia.

 

Agora só tenho de aprender a fazer crochet

 

 

de blueb3ll via craftsy.com

Poupar na limpeza da casa - os descartáveis

Descontos, 11.04.13

Cá em casa a chefe de família decretou uma proibição à despesa com artigos descartáveis. Para já, a excepção é o papel higiénico por razões óbvias e os filtros da máquina do café, porque ainda é uma luxo a que me permito.


De resto, nada de toalhitas de limpeza ou outras que tais.


Aliás, até umas toalhitas de limpar o pó, que tinha há mais de meio ano (compradas a custo zero), estão a ser reutilizadas. Descobri que são excelentes, quando molhadas, para limpar as minhas janelas. A caixa tinha 10, se não estou em erro. Levo o balde da esfregona com água e detergente. As limpas estão na água e as sujas vão sendo colocadas na parte de torcer a esfregona (isso tem nome?). Depois, passo tudo para a água com um pouco de lixívia ficam como novas.



Aqui limpinhas, depois de terem ficado absolutamente negras.

 


Para uma limpeza da máquina de lavar louça - testado e aprovado

Descontos, 17.03.13

Como prometido, decidi testar a limpeza da máquina de lavar louça como sugerido pelo blog atypicalenglishhome e a que me referi num post anterior (recomendo a leitura dos comentários que possuem sugestões interessantes).

 

A minha máquina de lavar louça é encastrada e possui uns cantos de difícil acesso a uma limpeza. Uma faca, um pano e alguns cotonetes foram preciosos aliados para aceder aos locais mais difíceis. E pelo menos dois cantos precisavam mesmo de uma limpeza... que nojo!!!

 

Antes:

 

 

 

Depois (mas antes de limpar a borracha branca):

 

 

As borrachas também precisaram de uma boa limpeza. 

 

Antes (yakkkk): 

 

  

 

Depois (mas antes de limpar a zona do parafuso):

 

 

 

Depois tirei o filtro e a parte amovível onde este pousa (recomendo que consultem o manual de instruções da vossa máquina).

 

 

 

Tirei igualmente o braço da água (não sei se será esse o nome da coisa) onde era visível uma camada de gordura. Também os buraquinhos de saída da água possuíam resíduos de gordura, o que me surpreendeu bastante.

 

Como tinha o tubo de alimentação de água, despejei aí vinagre e água quente e tentei retirar o lixo com uma agulha.

 

 

Quanto ao filtro, segui as instruções: primeiro bicarbonato de sódio, vinagre e depois de alguns minutos, uma chaleira de água a ferver. A foto reporta-se à reacção do bicarbonato com o vinagre. Há quem tema esta operação, mas garanto que não há risco, apenas um bocadinho de mau cheiro do vinagre que passa. Nada a salpicar, a queimar e outros perigos. 

 

 

Finalmente, coloquei a taça com vinagre na prateleira superior, recoloquei todas as peças e liguei o programa automático. 

 

O resultado foi uma máquina limpa e sem cheiros (testado com o nariz dentro da máquina, juro!) e tudo por uma fracção do valor que costumava gastar em produtos próprios para a limpeza da máquina.

 

Gastei cerca de 30-40 minutos com a limpeza.

 

Testado e aprovado.

Para uma limpeza da máquina de lavar louça

Descontos, 05.03.13

Basta comprar bicarbonato de sódio + vinagre. 

 

Andava há imenso tempo há procura de informação sobre as propriedades anti-calcário do vinagre porque vivo numa zona de água dura. Quando li que a Philips recomendava o vinagre como descalcificante, fiquei convencida.

 

Por isso, a ideia de utilizar bicarbonato de sódio e vinagre para limpar e descalcificar a máquina de lavar louça parece-me uma excelente solução.

 

 

 

Limpeza do filtro: 

1) um copo de bicarbonato de sódio

2) 1/2 copo de vinagre

3) deixar repousar 15 minutos

4) uma chaleira de água quente

 

Limpeza e descalcificação:

1) colocar uma taça com vinagre na prateleira superior

2) ligar a máquina (ciclo normal) apenas com a taça de vinagre

Produtos descartáveis

Descontos, 05.03.13

Hoje li este post que coincide com um tópico que andava para abordar e que saiu reforçado quando alguém me perguntou se eu utilizava guardanapos de pano.

 

A minha resposta é sim, utilizo guardanapos de pano e até lenços de pano. Utilizar produtos descartáveis é literalmente deitar dinheiro ao lixo. Não vou dizer que não os possuo, mas que limito consideravelmente a sua utilização. 

 

Guardanapos

Para as visitas possuo guardanapos de pano iguais à toalha que coloco na mesa. Melhor é impossível e é muito mais acolhedor colocar na mesa um guardanapo de pano que de papel. 

Achei a ideia da Dona de Casa Perfeita de privilegiar toalhas brancas para permitir lavagens com lixívia muito sensata para quem tem visitas frequentes.

Os guardanapos de papel que utilizo são, em regra, para a miudagem e para levar para o trabalho porque serve para embrulhar os talheres sujos.

 

Rolos de cozinha

Possuo para emergências, mas é raro utilizar. Uma embalagem de 4 rolos é capaz de me durar quase meio ano.

A regra é a utilização de panos de cozinha. Tenho dezenas e dezenas do "enxoval". Muito mais absorventes e eficazes que um pedaço de papel e com um impacto ambiental (mesmo com a lavagem) muito menor. 

 

Para as/os resistentes, aqui ficam duas ideias:

 

 

Fonte: homemadeginger.com 


 


Fonte: simplelittlehome.com



Fonte: cleanmama.net

 

Lenços de mão

Tenho dezenas de lenços de pano. Acho que a última contagem apontava para mais de 30 o que é um claro exagero. Nunca comprei um. Mais um item que resulta, em grande medida de "enxoval". 

Há quem os considere pouco higiénicos, mas com alergias e afins teria de utilizar uma média de um maço de lenços de papel por dia e isso parece-me um desperdício de papel absolutamente absurdo. Tenho sempre um maço na carteira para emergências ou esquecimentos mas é só.

Os lenços de pano são facilmente lavados e ocupam pouco espaço na máquina.

 

Toalhitas de limpeza

Costumava ter uma para cada tipo de função, mas há muito que deixei de comprar. Menos ainda quando descobri o meu detergente caseiro preferido para limpar superfícies. É tão prático e pode ser utilizado em praticamente tudo que é superfície na cozinha e casa de banho. Com efeito, o facto de poder ser utilizado em mármore e granito (sem ser agressivo) foi a razão pela qual o escolhi.

Mesmo com amostras (tipo swiffer) é coisa que não utilizo e que apenas acaba por ocupar espaço.

 

Pratos e copos descartáveis 

Se vos disser que tenho uns conjuntos que me foram dados há cerca de 10 anos, acreditam? É coisa que cá em casa não uso. Utilizei uns numa festa de aniversário, mais para gastar de uma vez, e acabei a pensar para os meus botões:mas porque diabo fizeste isso?

Os copos descartáveis ainda são o que vão tendo mais utilização, mas apenas porque os utilizo como forma para congelar doses de tomate triturado ou algo do género.

Não compro porque realmente me parece ser um desperdício de materiais e dinheiro.

 

Sacos de lixo

Há quem reutilize os sacos de plástico das lojas, mas aqui eu não prescindo de sacos de plástico devidamente estanques e biodegradáveis. Como tenho um caixote de lixo estanque, como reciclo todos os materiais recicláveis e dou preferência ao quintal para algum do lixo orgânico, os sacos são rentabilizados ao máximo.

Porém, na casa de banho, onde utilizo sacos de plástico mais pequenos, essa reutilização dos sacos de plástico parece-me uma boa solução. Bastaria cortá-los ao tamanho adequado.