Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Poupar no guarda-roupa

Não sei se é a idade, mas quanto mais velha, menos me apetece andar às compras, especialmente no que se refere a vestuário. É que simplesmente não tenho paciência.

Caixas de livros, posso passar horas a vascular, mas prateleiras de calças, não. 

 

Por isso, remendo a minha roupa preferida.

 

 

A minha mãe diz-me "não tens necessidade disso", mas eu tenho querer:

 

Poupar dinheiro: poupo imenso dinheiro ao não me preocupar em seguir a moda, até porque raramente essas peças resistem ao teste do tempo; a título de exemplo, o meu preço de referência para jeans usados (o meu "uniforme") é €1.00 e tenho sempre stock;

- Poupar tempo: podem não acreditar, mas eu consigo remendar umas calças em menos tempo que gasto para comprar umas novas, especialmente agora, que todas as calças parecem ser ultra estreitas e baixas;

- Poupar recursos: a quantidade de água que a produção de um novo par de calças de ganga consome, é obscena; ao evitar comprar (remendando), ou ao comprar usado, diminuo o meu impacto ambiental.

 

Actualmente, o meu orçamento para vestuário + cabeleireira é de €5.00 mensais. A minha cabeleireira custa €12 por corte.

 

 

Esse montante, somado a alguns cartões presentes, que acabo sempre a gastar perto da data limite em itens básicos (e em regra para guardar), são para mim, mais que suficiente. 

 

Em suma, vou fazer mais um remendo numas calças de ganga, que já remendei antes e até já tingi (tom sobre tom), para esconder as linhas de excesso de lavagem. São resistentes.

IMG_20180506_171126_526.jpg

As calças são as mesmas, mas a primeira foto é com luz natural e a segunda com luz artificial.

IMG_20180506_210441_750.jpg

 

Algumas estratégias para remendar jeans (que eu uso):

Fixing my jeans with Sashiko

MEND HOLES IN JEANS 3 DIFFERENT WAYS

Mend Your Jeans!

How to Mend Ripped Jeans

Holy Jeans

3 Ways to Mend Holes in Blue Jeans

Destralhar vs. Desperdício Zero

Ando a debater-me com o que implica o "destralhar". Consegui vender inúmeras coisas de que não precisava, troquei outras, passei a resistir às compras de "quiquinhos" que iriam ocupar espaço, doei imenso, até mobiliário.

 

Ultimamente, mais assídua em lojas solidárias e grupos de doações vejo o estado a que chegou o nosso desperdício. Sinto-me entre a necessidade de retirar coisas de casa, mas ainda assim querer que realmente tenham utilidade e sejam entregues a quem as irá usar, em vez de serem inúteis noutro local ou acabarem no lixo.

 

Estou a tentar encontrar um equilíbrio.

1 (33).jpg

 

Deparei-me com uma camisola interior a descoser-se. O "destralhar" diz-me para me desfazer dela, mas o "desperdício zero" diz-me para a remendar, especialmente porque não será valorizada numa doação. 

 

Hoje ganhou o "desperdício zero". 

 

 

2 (21).jpg

Como apertar uma camisola de lã? Com um bocadinho de coragem.

Coragem, foi apenas o que precisei para finalmente cortar uma camisola de lã tornando-a menos largueirona. 

 

Primeiro vesti-a, do avesso (muito mais fácil), para marcar a definição do corpo. 

DSC_0001.JPG 

Depois alinhavei com uma linha de cor para saber por onde deveria costurar (ponto corrido). 

DSC_0002.JPG

 

Finalmente, cortei e finalizei com duas passagens com ponto zig zag para não correr o risco de desfiar.

DSC_0003.JPG