Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Diário das minhas finanças pessoais

Isto é mesmo um diário, mas também um bloco de notas e talvez um caderno de ideias (umas melhores que outras)

Curtas 27.05.2022

27.05.22

A partir de 1 de Junho, entra em vigor a isenção de (quase todas as) taxas moderadoras no Serviço Nacional de Saúde.

Continuarão a ser cobradas nas urgências, quando se recorra a elas sem indicação do posto médico ou da linha Saúde24, por exemplo; excepção, quando levar a internamento.

Nesse caso presume-se que era mesmo urgência.

 

O nosso SNS poderia ser melhor. E eu, que experimentei recentemente 24 horas numas urgências, com a minha mãe, fui testemunha de quão mau pode ser. Não recomendo.

 

Mas há pior, como o sistema norte americano, em que se morre por falta de dinheiro para custear insulina.

Por isso, a minha notícia preferida desta semana, embora seja de Janeiro, foi ler que um dos "tubarões" - Mark Cuban - decidiu criar uma farmácia online com medicamentos genéricos com uma margem de lucro de 15% (acima do preço de custo).

mc.JPG

Para ficarem com uma ideia, um mês de tratamento de leucemia e outros cancros, na farmácia online custa desde $17.10, quando o custo noutras farmácias é de $2,502.60/mês.

 

I have not had recent experience. But I have had to pass up medical care in the past because I didn't have insurance and couldn't afford the required care. I've had to go to dental clinics that were used to train students to get root canals. And if you see my hands, my pinkies face the wrong directions because I couldn't afford medical care for rugby and basketball injuries.

But this isn't driven by personal experiences. We all know people who have had to ration their prescriptions or choose between food or shelter and their drugs. That should never, ever happen. We hope to change it.

 

Isto é um legado. Mark Cuban e o criador da ideia  - Alex Oshmyansky - são os meus heróis da semana.

 

Mark Cuban's Audacious Cure for High-Priced Drugs

Mark Cuban's online pharmacy wants to slash generic drug prices : NPR

Email e aplicações para comunicar com hospitais e centros de saúde

19.01.22

Screenshot_20220118-103903.jpg

Confesso que já estava irritada. Primeiro marcam a consulta, depois um exame para 1 semana depois dessa consulta e finalmente cancelam a consulta porque não fazia sentido ir à consulta sem o exame (óbvio!).

Pelo menos, alguém teve a previdência de verificar isso e cancelar.

 

Mas o exame, era na hora de acordar da minha mãe, em que preciso ajudá-la a levantar e vestir.

 

A carta dava um número de telefone e respectivas extensões, bem como um email que pediam que fosse o contacto preferencial.

Ora, o email não aceita emails fora da sua lista de contactos (uma configuração de segurança), o que não faz sentido, quando o enviam ao público em geral e pedem que os contactem por esse meio.

 

Já o telefone... o costume.

 

Confesso que já me preparava para fazer uma reclamação quando me lembrei disto:

nos limitemos a falar com a pessoa que tiver a capacidade para resolver o problema ou a quem é necessário transmitir a informação

 

Assim, enviei a minha mensagem com o erro/devolução para o email geral do hospital e pedi que fizessem o reencaminhamento.

O pedido era simples: por favor, mudar para qualquer dia, qualquer hora, desde que após as 11h00, explicando o motivo.

Nessa mesma manhã, recebi um email a mudar o exame para as 11:20 do mesmo dia.

 

Infelizmente, nem todas as pessoas têm acesso a meios de comunicação digital. Mas talvez, precisamente por isso, quem tem, deva utilizá-las, de modo a libertar o telefone para quem não tenha outra forma de comunicar com os serviços de saúde.

Cuidar de mim #5 - Exercícios cardio (2)

11.12.20

Como já tive um tapete de exercícios que doei por falta de uso, decidi que não iria gastar dinheiro para comprar qualquer equipamento adicional.

 

Caminhada:

Há anos que tenho uma passadeira mecânica (usada), que raramente tenho utilizo. É tempo de dar-lhe uso.

Mas o que gosto mesmo é de ir para a praia apanhar lixo costeiro. E como fico vermelha como um tomate, conto como exercício cardio.

 

Pesos:

Uma fisioterapeuta disse-me que uma garrafa de plástico com água ou areia, seria o suficiente para uns exercícios.

Fui aconselha a começar com 1/2 kg em cada mão. É fácil: 1 garrafa de 0.50L com água = 500 gr.

IMG_20201210_184850_299.jpg

Coloquei duas gotas de corante azul por razões estéticas.

A garrafa vai ficar na secretária para ir fazendo uns exercícios durante o dia. Eu trabalho melhor com pistas visuais para acção.

 

Agachamento com cadeira:

Eu tenho cadeiras. : )

 

Flexões:

Vou utilizar uma manta ou toalha no chão como substituto da passadeira de exercício.

Cuidar de mim #5 - Exercícios cardio (1)

10.12.20

Estava a esquecer-me da lista de "30-day at-home self-care" (calendário de 30 dias de autocuidado em casa).

30-day-at-home-self-care-calendar-OurMindfulLife.c

Uma das actividades do pilar actividade física é fazer exercícios de cardio que não sejam "jumping jacks".

 

A minha primeira pergunta é: o que diabo são "jumping jacks"? Mas decidi optar pela eficiência e procurar o que tenho de fazer, em vez o que não tenho de fazer.

 

Por isso, a minha segunda pergunta é: o diabo são "exercícios de cardio"?

 

A resposta da Holmes Place: Exercícios cardio são atividades que solicitam a função cardíaca, nomeadamente as funções respiratória e circulatória.

 

Imediatamente fico impressionada porque me soa muito saudável e algo que eu deveria estar a fazer.

 

Das listas de exercícios cardio que vi, achei que aquele que prefiro é a caminhada. A vantagem é que já a faço no exterior e posso fazer no interior em passadeira mecânica.

 

Outros exercícios para desenvolver força muscular nos braços e torço:

- agachamento com cadeira;

- flexões.

- (pequenos) pesos.

 

Idealmente é isto mas, na prática, já não abria a passadeira mecânica há tanto tempo, que o tapete estava cheio de pó.

 

Mas a chuva não pára e estou em teletrabalho, por isso estou a tentar voltar a ela.

IMG_20201209_174349_116.jpg

30 dias de autocuidado

27.11.20

Nada como uns dias doente para nos relembrar de ter cuidado com a nossa saúde (especialmente agora).

Tropecei numa deliciosa lista de "30-day at-home self-care" (calendário de 30 dias de autocuidado em casa) e decidi que a vou incorporar na minha rotina diária. 

30-day-at-home-self-care-calendar-OurMindfulLife.c

Mas em vez de seguir o calendário diariamente, vou escolher uma actividade por dia, até porque não faço ideia como "fazer um novo amigo" em plena pandemia. Talvez um amigo imaginário?

 

As actividades sugeridas têm como base 4 pilares: saúde, nutrir a mente, actividade física, ligações sociais.

 

Uma lista, parece-me uma boa estratégia para manter uma rotina mais estruturada, que é o que necessito, neste momento.

 

E tudo, claro, em casa e sem gastar dinheiro.

Haja saúde

15.11.18

Desde meados de Setembro, já gastei mais de €400 em saúde. Felizmente, trataram-se apenas de despesas que fui adiando (muito), porque fui adiando consultas de rotina: dentista (duas consultas), reparação dos óculos que parti (€25), novas lentes (€300).

 

Só numa consulta paguei 80 euros porque a cárie teria atingido dois dentes (o que me surpreendeu, diga-se de passagem). Achei piada à funcionária na secretaria: a doutora fez uma atenção, como fez tudo na mesma sessão. Descontou €5. Obrigadinha.

 

Em Dezembro começa a ronda dos OUTROS exames de rotina que andei a adiar (porque não tenho juízo).  

 

E isto para dizer que o meu envelope de saúde, tem-me valido. Não deu para tudo (porque há um ano utilizei todo o dinheiro junto para as obras), mas deu para quase tudo. Não tive de adiar consultas porque não tinha como as pagar. Isso é paz financeira (para mim). 

 

Enfim, se tiver de pagar, pelo menos que haja saúde.

Outono é a estação das...

02.10.17

1

 

Em Setembro e início de Outubro, a 3 pessoas das minhas relações foi diagnosticado pneumonia. Por isso, tenho já o meu mel de eucalipto a postos. 

 

Além do mel, enviei um email para o meu posto médico, a pedir uma receita para a vacina contra a gripe. E como na farmácia onde "faço compras" oferecem a administração da vacina (se comprar lá), não vai dar trabalho nenhum.

 

 

Mas recordo que a lavagem frequente das mãos pode ser a vossa melhor estratégia para prevenir a gripe.

 

A vacinação contra a gripe é fortemente recomendada a:

  • Pessoas com idade igual ou superior a 65 anos;
  • Doentes crónicos e imunodeprimidos (a partir dos 6 meses de idade);
  • Grávidas;
  • Profissionais de saúde e outros prestadores de cuidados (ex.: lares de idosos).

Aconselha-se também a vacinação às pessoas com idade entre os 60 e os 64 anos.

 

A vacina é gratuita nos centros de saúde para as pessoas:

  • Com idade igual ou superior a 65 anos
  • Residentes ou internadas em instituições
  • De grupos de maior risco clínico:
    • Diabetes Mellitus
    • Terapêutica de substituição renal crónica (diálise)
    • Trissomia 21
    • A aguardar transplante de células precursoras hematopoiéticas ou de órgãos sólidos
    • Submetidas a transplante de células precursoras hematopoiéticas ou de órgãos sólidos
    • Sob quimioterapia
    • Fibrose quística
    • Défice de alfa-1 antitripsina sob terapêutica de substituição
    • Patologia do interstício pulmonar sob terapêutica imunosupressora
    • Doença crónica com comprometimento da função respiratória, da eliminação de secreções ou com risco aumentado de aspiração de secreções
    • Bombeiros que tenham contacto com doentes de risco.

Comunicar com o posto médico - email

06.09.17

Hoje, depois de anos a correr os gabinetes médicos, para as receitas médicas da minha mãe, mais em desabafo que outra coisa, perguntei no posto médico:

 

- Não é possível pedir as receitas sem vir cá fisicamente?

- Claro, pode pedir por email.

 

Senti-me uma tola, por não ter perguntado antes. Não me esqueci de dar o telemóvel para receber a receita por SMS e fiquei a pensar no ditado: Quem não chora, não mama. 

Dia Mundial do/a Doador/a de Sangue

14.06.17

As boas notícias são que as nossas reservas de sangue estão estáveis. As más notícias é que as dádivas estão a diminuir e há menos novos dadores.

1

Demorei muito tempo a arranjar coragem - sou uma medricas com agulhas - mas é daquelas coisas que uma pessoa se habitua e depois custa não poder continuar.

 

Ainda por cima, as equipas de recolha nos autocarros (a minha experiência) tornam a coisa muito agradável: ar condicionado, simpatia, um Compalzinho, qualquer coisita para comer...

No meu caso, ainda com elogios acrescidos ás minhas veias. Para onde quer que vá, todas as técnicas e enfermeiras adoram as minhas veias... eu nem queria tanto, confesso. 

 

E, digo-vos já, que as minhas finanças pessoais também têm sentido falta da isenção total de taxas moderadoras. ;)

Portal do Serviço Nacional de Saúde - Área do Cidadão

03.04.17

Nos últimos tempos, assistimos a um crescente de aplicações web para serviços públicos. Já vamos ficando mais habituadas/os com as finanças, mas na saúde também existem.

 

Aqueles que utilizo com mais frequência é são: marcação de consultas, pedidos de esclarecimentos e impressão de receitas.

 

Como a minha mãe necessita de renovar as receitas de medicamentos com frequência, poupa-me imenso tempo não ter de a ir levantar.

Quando a médica as emite, recebo uma sms no telemóvel e as receitas ficam disponíveis no portal, para impressão. Na verdade, basta mostrar as sms na farmácia para aviar as receitas. 


saude1

saude2

saude3

saude4

 

saude5